Luto

OAB Paraná lamenta o falecimento do advogado Dálio Zippin Filho

(Foto: Reprodução/OAB-PR)

A OAB Paraná comunica o falecimento do advogado Dálio Zippin Filho, de 76 anos, ocorrido nesta segunda-feira-feira (17), em Curitiba. Respeitado criminalista paranaense, Zippin Filho se destacou pela atuação em prol da advocacia e dos direitos humanos. Na atual gestão integrou a Comissão Nacional de Direitos Humanos do Conselho Federal da OAB e foi designado pela diretoria da seccional para acompanhar e atuar como amicus curie e assistente do Ministério Público no julgamento do homicídio da advogada Kátia Regina Leite Ferraz.

Zippin Filho também foi representante titular da OAB Paraná no Conselho Penitenciário do Estado do Paraná. Em julho deste ano, esteve entre os advogados homenageados pelos 50 anos de exercício ininterrupto da profissão de maneira ilibada, ou seja, sem nenhuma condenação disciplinar.  “O patrimônio que deixaremos de herança é o exemplo moral, que jamais acabará”, disse Dalio Zippin Filho na ocasião, em nome dos demais 69 homenageados.

No mês de setembro, o advogado esteve presente na inauguração da Sala do Advogado no Fórum Criminal, que leva o nome de Dálio Zippin. Em agradecimento à homenagem, Zippin Filho falou sobre o legado de seu pai e o exemplo de luta pelos direitos humanos, e pelos direitos dos advogados. “Esta homenagem é muito importante, não só para a família, mas porque ela demonstra às futuras gerações que vale a pena ser um advogado correto, honesto, que se preocupa com as questões da Ordem e da advocacia”, disse na ocasião.

“Dálio foi um dos grandes advogados criminais do estado. Prestou valorosos serviços à Ordem dos Advogados, à frente de diversas comissões, como a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos. Era muito admirado e respeitado por toda advocacia criminal. Deixará muitas saudades”, pontua o presidente da Comissão da Advocacia Criminal, José Carlos Cal Garcia Filho.