Publicidade
Ainda é cedo

OMS diz que América do Sul ainda não atingiu pico da pandemia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta segunda-feira (1) que a América do Sul ainda não chegou ao pico da epidemia do novo coronavírus, inclusive no Brasil, e não há como prever quando isso vai ocorrer, mas a região é hoje o foco da preocupação da organização.

O Brasil é citado, juntamente com Colômbia, Chile, Peru, Haiti, Argentina, e Bolívia, como os países que registraram maior crescimento no número de casos nos últimos dias, e também entre os cinco países que reportaram o maior número de novas infecções nas últimas 24 horas. Apesar disso, o movimento é de reabrir setores da economia.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES