Gente do bem

ONG de Curitiba combate a corrupção em todo o Brasil

Por todo o país, brasileiros se unem e ‘botam a mão na massa’ para denunciar e investigar desvios de verba pública, concorrências suspeitas e gastos indevidos de governantes em parlamentares. E é em Curitiba, cidade que já foi o coração da Operação Lava Jato, que fica uma das organizações da sociedade civil mais ativas no combate à corrupção, a ONG Vigilantes da Gestão Pública.
Fundada em fevereiro de 2013 para fazer o acompanhamento da gestão do dinheiro do povo de Pato Branco, no sudoeste do Paraná, a ONG cresceu e ultrapassou fronteiras, com mais de 610 ações no combate à corrupção e ao desperdício de dinheiro público.
Trabalho, aliás, é o que não falta. Segundo Sir Carvalho, fundador e presidente da ONG, por dia são recebidas entre 2 e 3 denúncias, além de existir quase mil denúncias que ainda carecem de análise. Como nossa equipe é limitada, acabamos tendo de selecionar o que levaremos em frente. Isso é lastimável, porque mostra que temos demanda em todo o país, do Oiapoque ao Chuí.
O principal ramo de atuação da instituição são as compras públicas, onde um governo desperdiça, em média, 40% do que gasta. A taxa de sucesso da ONG é grande, na casa dos 90%.
Atualmente, o grupo conta com mais de 100 pessoas atuando no dia a dia e outros 600 colaboradores espalhados pelo país. Sir Carvalho, porém, é o único conhecido e tal sigilo não é à toa. Ele já sofreu 22 ameaças de morte e, por isso. procura preservar aqueles que, assim como ele, tentam fazer a diferença. E ainda garante: o esforço vale a pena.
A tua missão pode até te matar, mas é ela que te mantém vivo. É um preço que se paga, mas estão se multiplicando os vigilantes, o que é um legado para a sociedade, que tem de saber que deve estar sempre vigilante, jamais abaixar a guarda, finaliza.

Lava Jato trouxe a discussão sobre corrupção
Quase um ano depois da fundação da ONG Vigilantes da Gestão, as discussões sobre corrupção no Brasil alcançaram um novo nível diante dos avanços feitos ao longo das investigações ligadas à Operação Lava Jato. O impacto, segundo Sir Carvalho, foi positivo, ao ponto de ele defender a operação liderada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal como um patrimônio da União.
Até a Lava Jato, 90% da mídia social era pautada por novelas, entretenimento e futebol. A Lava Jato trouxe a discussão sobre a corrupção, e isso é significativo, soma ao nosso trabalho.
Antes achavam que éramos loucos por fazer o que fazíamos. Hoje já brincam que devemos ter muito trabalho. Então isso facilitou para gente, aponta o presidente e fundador da ONG.

SERVIÇO
Vigilantes da Gestão Pública
O que é: ONG cujo objetivo é atuar como organismo de proteção ao patrimônio público..
Site: http://www.vigilantesdagestao.org.br/
Telefone e Whatsapp: (41) 99917-8040
E-mail: vgp@vigilantesdagestao.org.br
Como ajudar: Doações podem ser feitas via depósito bancário ou por meio do Mercado Pago. Acesse o site da ONG para mais informações.
Como denunciar: Na seção ‘Voluntários’, no site da ONG, os cidadãos podem apresentar denúncias, sempre de maneira anônima.