Opep reduz projeção para oferta de petróleo no Brasil em 2021

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reduziu suas projeções para a produção da commodity energética no Brasil em 2020 e neste ano, conforme relatório mensal publicado nesta quinta-feira (14). A entidade com sede em Viena alterou a estimativa para a oferta de petróleo em 2020 no Brasil de 3,71 milhões de barris por dia (bpd) para 3,69 milhões de bpd. Em relação a 2021, a previsão passou de 3,89 milhões de bpd para 3,86 milhões de bpd.

A Opep destaca que a produção de petróleo bruto do País caiu para uma média de 2,76 milhões de bpd em novembro, principalmente devido à manutenção planejada dos campos de Tupi e Búzios. "A produção de petróleo atingiu 3,09 mb/d em agosto de 2020, mas começou a cair em setembro e nos meses subsequentes e provavelmente continuou em dezembro. Não só pela manutenção, mas também pelas medidas de segurança relacionadas à covid-19 que levaram ao adiamento das obras programadas do 4º trimestre de 2020 para o início de 2021, segundo a Petrobras", ressalta a entidade no relatório mensal.