Transporte público

Escolta de caminhões-tanque garante frota de ônibus em Curitiba até domingo

(Foto: Michel Martins/ Rede News 24 Horas)

O transporte público em Curitiba está garantido, ao menos, até domingo, 27 de maio. Segundo nota enviada pelas Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana, o abastecimento dos estoques de combustível nas garagens foi realizado durante esta madrugada de quinta-feira, 24, por uma operação de escolta de caminhões-tanque. 

Ainda de acordo com a nota, participaram da operação vários órgãos de segurança do Município, Estado e Governo Federal para garantir o abastecimento das garagens da frota do transporte coletivo de Curitiba. Dessa forma, os ônibus têm autonomia para rodar normalmente ao menos até domingo.

Bem cedo, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca de Macedo, usou a rede social para comunicar à população sobre a operação montada para garantir o abastecimento das garagens dos ônibus. "Não poderia permitir que parasse o transporte coletivo de Curitiba e Região Metropolitana. Pedi e tivemos sucesso na operação da Guarda Municipal e da Polícia Militar, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, coordenada pela nossa Secretaria de Defesa Social e pela Secretaria de Segurança do Governo do Paraná", disse. 

Greca ressaltou ainda que compreende e não se opõe a nenhum movimento contra "a carestia, mas não poderia permitir que fôsse semeado o caos urbano na nossa amada Curitiba. Reagi à tentativa de redução do transporte público por colapso no abastecimento", disse. 

O prefeito agradeceu à equipe de escolta afirmando que acordaram cedo, "antes da aurora, para garantir o bom funcionamento de Curitiba. 10 caminhões tanque, de 30 mil litros cada um, foram escoltados desde os depósitos de diesel até as garagens. Está garantido o abastecimento dos 1275 ônibus que servem Curitiba, os 650 ônibus que servem a Região Metropolitana, as ambulância SUS curitibano, SAMU e SIATE e as viaturas da Polícia Militar e Guarda Municipal', finalizou.