Em Ponta Grossa

Operário-PR vence, se afasta da degola e coloca Náutico na lanterna da Série B

(Foto: Reprodução / Twitter)

No duelo entre desesperados pela Série B do Campeonato Brasileiro, quem levou a melhor no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR), foi o Operário-PR, que na noite desta sexta-feira, com um gol aos 44 minutos do segundo tempo, superou o Náutico pelo placar de 1 a 0, pela 22.ª rodada. O time pernambucano sofreu a sua sexta derrota consecutiva.

Com o resultado, o Operário chegou a 24 pontos e subiu para a 15.ª colocação, garantindo quatro pontos de vantagem em relação à zona de rebaixamento, enquanto o Náutico estacionou nos 18 pontos e caiu para a lanterna. Isso porque o Vila Nova-GO empatou por 1 a 1 com o Ituano, em Goiânia (GO), e passou a ter 19 pontos, em penúltimo lugar.

A partida começou com os ânimos a flor da pele. Mas, apesar das jogadas duras, o primeiro chute só aconteceu aos 13 minutos, quando Arnaldo parou em Lucas Perri. O time da casa voltou a levar perigo ao Náutico na marca dos 28 minutos, quando Tomas Bastos arriscou de longe e quase surpreendeu Perri. A primeira etapa, no entanto, não teve mais chances de perigo.

O Operário voltou ligado para o segundo tempo. Logo aos dois minutos, Ricardinho chutou para o gol e a bola desviou em Getterson, que por pouco não abre o placar para o time da casa. Aos cinco minutos novamente a bola parou em Lucas Perri, em chutaço de Ricardinho. O duelo ficou novamente travado, sem grandes chances, até que aos 37 minutos, Pedro Vitor criou a primeira boa chegada do Náutico no jogo, mas parou no goleiro Vanderlei.

A partida caminhava para um 0 a 0 sem graça, mas teve capítulos emocionantes em seus minutos finais. Após forte pressão do time paranaense, Kalil aproveitou o passe de Leandrinho, passou por dois marcadores e fez o gol do jogo aos 44 minutos. A torcida foi ao delírio, festejou muito e só esperou o apito final.

Os times voltam a campo pela 23.ª rodada da Série B já na próxima semana. Na terça-feira (9), o Operário vai até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, às 19h. No dia seguinte, é a vez do Náutico encarar o CRB, também às 19h, no Aflitos em Recife (PE).

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO-PR 1 X 0 NÁUTICO

OPERÁRIO-PR - Vanderlei; Arnaldo, Thales, Willian Machado (Reniê) e Fabiano; Ricardinho, Rafael Chorão (Leandrinho) e Tomas Bastos (Fernando Neto); Felipe Garcia (Kalil), Paulo Victor e Getterson (Jean Carlo). Técnico: Matheus Costa

NÁUTICO - Lucas Perri; Victor Ferraz, Wellington, João Paulo e João Lucas (Júnior Tavares); Jobson, Souza (Thomaz) e Jean Carlos; Julio Vitor (Geuvânio), Kieza e Pedro Vitor. Técnico: Elano Blumer.

GOL - Kalil, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)

CARTÕES AMARELOS - Arnaldo (Operário-PR); Jean Carlos (Náutico).

RENDA - R$ 61.525,00

PÚBLICO - 3.918 torcedores

LOCAL - Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).