Publicidade
Assembleia

Oposição pede à Justiça anulação de sessão que aprovou reforma da previdência na Ópera de Arame

Após ocupação da Assembleia por manifestantes, votação foi transferida para Ópera de Arame, com esquema de segurança reforçado
Após ocupação da Assembleia por manifestantes, votação foi transferida para Ópera de Arame, com esquema de segurança reforçado (Foto: Franklin de Freitas)

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa ingressou ontem (05) na Justiça com um pedido de anulação das sessões extraordinárias realizadas pela Casa na quarta-feira (04) na Ópera de Arame, quando foi aprovada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 16/2019, a PEC da Previdência.

Segundo a oposição, a aprovação da PEC em dois turnos com poucos minutos de intervalo entre as sessões desrespeita a Constituição e o Regimento Interno, que determina que deve haver intervalo de cinco sessões ordinárias entre as duas votações.

Leia mais no blog Política em Debate

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES