Conscientização da mulher

Outubro Rosa começa com ações na Rua XV e em hospitais 

Monumentos ficam iluminados de rosa neste m\u00eas, como o Jardim Bot\u00e2nico
Monumentos ficam iluminados de rosa neste m\u00eas, como o Jardim Bot\u00e2nico (Foto: Levy Ferreira/SMCS)

Nesta segunda-feira (1/10) acontece o lançamento da campanha Outubro Rosa 2018, realizada pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, Associação Comercial do Paraná (ACP) e pelo Conselho da Mulher Empresária. O lançamento será em frente à ACP, no calçadão da XV de Novembro, 621. A abertura oficial será às 10 horas, mas as ações no local começam às 9h30. No Hospital Erasto Gaertner, também desde a parte da manhã, diversas atividades estão agendadas.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), mais de 40 mil mulheres recebem, anualmente, o diagnóstico de câncer de mama no Brasil.   Neste ano, o mote da campanha é “Prevenir é um ato de coragem. Lute pelo que te faz feliz”. O objetivo é chamar a atenção das mulheres sobre o autocuidado, prevenção e exames de rotina. 

“A prevenção é importante durante todo o ano, mas o Outubro Rosa tornou-se um marco para relembrarmos as mulheres para que não se descuidem”, afirma a secretária municipal da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

O câncer de mama é o que mais causa morte entre as mulheres, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). O risco cresce, principalmente, após os 50 anos. Por isso, diagnóstico e tratamento precoce são essenciais para a cura.

Em Curitiba, a acompanhamento da saúde da mulher pode ser feito nas 111 unidades básicas de saúde. É a unidade que encaminha, quando necessário, a mulher para a realização da mamografia em um dos prestadores de serviço da rede.

Ações
Durante todo o dia haverá programação especial na Rua XV, com sorteio de brindes, apresentações teatrais e da banda da Polícia Militar, aferição de pressão e teste de glicose, informações sobre reconstituição e pigmentação da mama, demonstrações de maquiagem e tratamentos estéticos que ajudam a melhorar a autoestima. Profissionais da Secretaria Municipal da Saúde darão orientações sobre o autoexame das mamas.

Durante o Outubro Rosa, o Hospital Erasto Gaertner, que é referência no combate ao câncer no sul do Brasil, estará com seus profissionais nos principais meios de comunicação para informar e orientar o público sobre prevenção, diagnóstico precoce e tratamento do câncer. Ao longo do dia, também serão ofertadas diversas ações no estacionamento do hospital, que inclui oficinas de automaquiagem, amarração de lenços, atrações musicais, além de food trucks e ações informativas para os participantes do evento.

Estimativa é de 3.730 novos casos de câncer de mama neste ano no PR
O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que, em 2018, o Paraná registre 3.730 novos casos de câncer de mama. Até junho deste ano, o Estado já realizou 170.766 mamografias e 316.093 exames preventivos. Para oferecer os testes, o Paraná conta com 161 mamógrafos distribuídos em todas as 22 Regionais de Saúde, além de aparelhos digitais nas Unidades da Mama instalados nas cidades-sede das macrorregiões de Maringá, Londrina, Cascavel e Curitiba. Em 2017, o Estado fez 211.354 exames de mama, apenas 60% deles mamografias nas mulheres do grupo prioritário, entre 50 a 69 anos. O número de mortes em decorrência da doença alcançou 926 mulheres no Paraná.

No mês dedicado à prevenção do câncer de mama, a Secretaria de Estado da Saúde também destaca a importância de separar um tempo para o lazer e o bem-estar. “É sempre importante ressaltar a necessidade de fazer exames preventivos e, a partir dos 50 anos, a mamografia periodicamente. São exames de fácil acesso e disponíveis gratuitamente na rede pública de saúde”, destaca o secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi. 

Ele explica que os exames são a única forma de detectar precocemente a doença e, consequentemente, ampliar as chances de cura dos cânceres de colo do útero e de mama.

A abertura oficial do Outubro Rosa 2018 acontece nesta terça-feira (2), a partir das 14 horas, no Palácio das Araucárias, em Curitiba. Na ocasião, serão apresentados dados dos cânceres de mama e do colo do útero; fatores de risco, diagnóstico e apresentação clínica do câncer de mama, além de um panorama antropológico sobre o autocuidado. A entrada é gratuita e não é necessária inscrição prévia.