Assine e navegue sem anúncios [+]
Polêmica

Pabllo Vittar diz que denúncia por exercício ilegal de profissão é 'infundada'

(Foto: Divulgação)

O Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região (CREF1), do Rio de Janeiro e Espírito Santo, anunciou que protocolará uma notícia-crime contra a cantora Pabllo Vittar por "exercício ilegal da profissão" ao Ministério Público Estadual.

A justificativa é a de que pessoas que "não são profissionais de educação física" "não podem prestar tais serviços que colocam em risco a sociedade".

No documento feito pela entidade, constam links de algumas postagens de Pabllo no Instagram, além de prints de vídeos publicados por ela como "Treino de perna e bunda para fazer em casa by me". Recentemente, o CREF1 fez denúncia semelhante em relação à atriz Claudia Raia.

Procurada pelo Estadão, a assessoria da cantora afirmou que a denúncia é "infundada e inverídica", que "a cantora nunca prescreveu, deu aula como profissional ou orientou nenhum treino" e que Pabllo "deixa claro no vídeo em questão que não é educadora física e apenas mostra sua rotina de exercícios físicos".

Confira a íntegra da nota da assessoria de Pabllo Vittar:

"A assessoria de Comunicação da cantora Pabllo Vittar esclarece que a notícia-crime protocolada pelo Conselho Regional de Educação Física da Primeira Região (CREF1) contra a artista é infundada e inverídica. A cantora nunca prescreveu, deu aula como profissional ou orientou nenhum treino. A cantora ainda deixa claro no vídeo em questão que não é educadora física e apenas mostra - como tantos outros artistas e Influencers - sua rotina de exercícios físicos em suas redes sociais, que também serve como motivação para que seus seguidores procurem hábitos de vida saudáveis."

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK