Dia do Padre

Padre Reginaldo Manzotti compartilha sua rotina

(Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa)

Nesta quarta-feira, dia 4 de agosto, é celebrado o Dia do Padre e com toda certeza você já deve ter imaginado como é o dia-a-dia de um sacerdote, não é mesmo? Pensando nisso, Padre Reginaldo Manzotti aproveitou a data para compartilhar sua intensa rotina, já que acumula as funções de apresentador de rádio e TV, compositor, escritor e cantor. Mas, apesar de se considerar multitarefa, sua prioridade é o sacerdócio, missão que vem desempenhando há mais de 26 anos.

No seu dia, acaba sendo um pouco psicólogo, um pouco professor, um pouco terapeuta, “médico da alma”, ou mesmo o “ombro amigo”. No rádio, em seu programa “Experiência de Deus”, ao vivo, de segunda a sábado, o Padre Manzotti já teve que lidar com testemunhos polêmicos, audaciosos e desafiadores, mas a grande maioria, são partilhas emocionantes de histórias que pedem um acolhimento especial. São relatos fortes, diários, da vida real, sem filtros.

“Os relatos que recebo diariamente mostram o quanto as pessoas estão sedentas por Deus, o quanto elas precisam de uma orientação, uma palavra de conforto ou até mesmo um ‘puxão de orelha’. São relatos, testemunhos que nos fazem pensar o quanto é necessário levar a Palavra de Deu e seus ensinamentos ao maior número de pessoas possíveis. Por isso, tenho intensificado o trabalho nas redes sociais, na TV e na rádio, principalmente durante esse período de isolamento social”, diz Padre Manzotti.

Após o programa, o sacerdote segue para o Santuário de Guadalupe onde preside diariamente a Santa Missa ao meio-dia. Em tempos de pandemia, as missas estão com a presença de público limitada, seguindo as determinações da Secretaria de Saúde de Curitiba. Além disso, as celebrações são transmitidas pelo YouTube, com uma média de 100 mil visualizações.

Preparo fundamental
Segundo Padre Manzotti, enfrentar o dia-a-dia de um padre não é uma tarefa tão simples. Para ser ordenado como sacerdote são anos de estudos e preparação, mas a vivência diária, a troca com os fiéis, o saber ouvir é de extrema importância, principalmente neste momento, onde as pessoas ficam fragilizadas e buscam cada dia mais a Igreja. Para conseguir atender a comunidade precisa ter empatia, acolhimento e principalmente sensibilidade.

Essencial em todos os momentos
E como será o papel do sacerdote no mundo pós-pandemia? “Acredito que todos nós, servos de Deus, iremos continuar desempenhando esse papel de ‘médico da alma’. Além disso, espero que as transmissões das celebrações continuem sendo feitas nas redes sociais, para facilitar o encontro com Deus àqueles que não podem frequentar as Igrejas”, explica Padre Reginaldo Manzotti.

Sobre o Padre Reginaldo Manzotti
Sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, o padre Reginaldo Manzotti tem 7,3 milhões de seguidores no Facebook, 3,7 milhões de seguidores no Instagram, 2,72 milhões de pessoas inscritas em seu canal do YouTube, 695 mil seguidores no Twitter e 221 mil em seu canal Vevo. Seu portal, www.padrereginaldomanzotti.org.br, recebe mais de 1 milhão de acessos mês.

Sacerdote que evangeliza pelos meios de comunicação, o padre apresenta programas de rádio e televisão que são retransmitidos e exibidos em mais de 1680 emissoras do país, além de outros países como: Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Angola, Paraguai, Bolívia e Uruguai.
www.padrereginaldomanzotti.org.br