Pai de santo é preso após tornar vida de empresária "um inferno"

Policiais civis prenderam nesta quinta-feira (5), em Petrópolis (RJ), um pai de santo suspeito de extorsão. A denúncia de uma comerciante aponta que o homem de 41 anos a coagia para pagar enormes somas em dinheiro, cheques e também a assinar diversas notas promissórias. Caso ela não realizasse os pagamentos, seus familiares e sua empresa seriam alvos de trabalhos realizados no terreiro.

Na residência do suspeito, onde também funciona o terreiro, a polícia apreendeu R$ 40.980 em dinheiro e R$ 1,2 milhão em dezenas de cheques.

Segundo a polícia, o pai de santo extorquia a vítima a meses, tornando a vida da empresária insuportável. O delegado Alexandre Ziehe afirmou que será pedida a quebra do sigilo bancário e fiscal do denunciado, que deverá ser indiciado pelo crime de extorsão.