Publicidade

Palmeiras garante permanência do técnico Gilson Kleina

O técnico Gilson Kleina está confirmado no comando do Palmeiras pelo menos até sábado, quando o time enfrenta o Ceará, em Fortaleza, pela 18ª rodada da Série B. Apesar das cobranças feitas pelo presidente do clube, Paulo Nobre, após a eliminação diante do Atlético-PR na Copa do Brasil, o treinador continua no cargo.

Após a derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR, quarta-feira, em Curitiba, Paulo Nobre ficou indignado, apontando que o time teve uma atuação apática e chegando a dizer que daria uma bronca nos jogadores e no técnico. A conversa, porém, deve ser mais dura com o time, que, segundo o presidente, não mostrou o empenho esperado naquela partida.

A continuidade de Gilson Kleina, porém, pode ser ameaçada em caso de derrota no jogo deste sábado. Após duas derrotas seguidas (diante do Boa e do Atlético-PR), um novo tropeço pode aumentar a desconfiança da diretoria. A Copa do Brasil foi a terceira eliminação do Palmeiras no ano - as duas anteriores foram o Paulistão e a Libertadores.

Em busca do principal objetivo na temporada, que é voltar à divisão de elite do futebol brasileiro, o Palmeiras lidera a Série B com 40 pontos, um a mais do que a segunda colocada Chapecoense. Mas a diretoria e a torcida sonhavam com uma boa campanha na Copa do Brasil, para somar mais um título e poder disputar a Libertadores em 2014, ano do centenário do clube.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES