Publicidade

Pandemia não adiará Brexit, afirma Johnson

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse ontem que a saída do Reino Unido da União Europeia não será adiada em razão da pandemia do coronavírus. O prazo final para o divórcio é dezembro.

As conversas presenciais entre membros do bloco e o governo britânico, que ocorreriam em Londres, na próxima semana, foram suspensas. "O Reino Unido e a UE estão plenamente conscientes do cronograma em que estamos trabalhando", disse Johnson, em comunicado.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES