Mundo

Brasileira está entre vítimas de atentado a igreja na França

Uma das vítimas de um atentado à igreja de Notre-Dame em Nice, na França, nesta quinta-feira (29), é brasileira. Tratava-se de Simone Barreto Silva, 44 anos, natural de Salvador (BA) e mãe de 3 filhos. Ela morava na França há 30 anos. A confirmação foi feita às 18h30 pelo Consulado Geral do Brasil, em Paris.

Simone teria sido foi ferida a faca e morreu num restaurante quase em frente à catedral, onde tinha tentado se refugiar. Segundo um dos proprietários do restaurante, a vítima chegou ensanguentada e em estado de choque. Ela morreu uma hora e meia depois do atentado.

O atentado ocorreu nesta quinta-feira. Um homem armado com uma faca atacou várias pessoas na saída da igreja. De acordo com a imprensa francesa, as outras duas pessoas morreram dentro da igreja. De acordo com o jornal francês ‘Le Parisien’, pelo menos uma das vítimas foi degolada pelo agressor, que tentou se esconder em um banheiro dentro da igreja após o ataque. O homem foi baleado e preso pela polícia.

Ainda nesta quinta, o papa Francisco condenou como “selvagem” um ataque no qual três pessoas foram mortas em uma igreja em Nice, na França, ontem, e o Vaticano afirmou que terrorismo e violência nunca foram aceitáveis.

Segundo a mensagem, o papa condena “da maneira mais enérgica esses violentos atos de terror” e pede que o povo francês permaneça unido.
Anteriormente, o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, disse que o ataque “semeou a morte em um lugar de amor e consolação”, uma casa de Deus. “É um momento de dor em tempos de confusão”.