Para aniversário do filho, Harry e Meghan pedem doações para compra de vacinas

O príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle, pediram nesta quinta-feira, 6, que o segundo aniversário de seu filho, Archie, seja celebrado por meio de doações para a compra de vacinas contra a covid-19. "Este ano, nosso mundo continua no caminho da recuperação da covid-19. No entanto, muitas famílias continuam lutando contra o impacto desta pandemia", escreveram, pedindo compra de vacinas para "famílias dos lugares mais vulneráveis do mundo." O casal costuma sugerir que fãs ajudem instituições de caridade no lugar de presenteá-los.

"Nos últimos dois anos, ficamos profundamente comovidos por sentir o calor e o apoio a nossa família por ocasião do aniversário de Archie", disse o casal, que agora mora na Califórnia após renunciar a seus deveres reais. "Muitos de vocês doam para instituições de caridade em seu nome, e comemoram a ocasião fazendo um ato de serviço, tudo pela bondade de seus corações. Vocês arrecadam fundos para aqueles que mais precisam e continuam a fazê-lo organicamente e abnegadamente. Somos extremamente gratos", disseram.

A carta, postada no site de sua fundação sem fins lucrativos Archewell, pede a expansão das campanhas de imunização no mundo. "Não podemos ter uma recuperação real até que todos, em todos os lugares, tenham o mesmo acesso à vacina", escreveu o casal, que coapresentou um show que irá ao ar neste domingo, 9, para arrecadar fundos para as vacinas.

O evento Vax Live: The Concert To Reunite The World contará com a presença do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e a primeira-dama Jill, além de Kamala Harris. Jennifer Lopez, Eddie Vedder, J Balvin e HER se apresentarão no programa.

Organizado pela Global Citizen, uma organização internacional de direitos humanos, a iniciativa incentiva as empresas a "doar dólares em troca de doses" e os governos do G7 a compartilhar as vacinas excedentes.

As empresas farmacêuticas, "incluindo a Moderna, também são instadas a disponibilizar as vacinas ao público a preços sem fins lucrativos".

A realeza britânica costuma comemorar seus aniversários lançando novas fotos e, no ano passado, o casal lançou um vídeo no qual Meghan lia uma história para Archie. A tradição foi evitada este ano.

Os membros da família enviaram mensagem de felicitação pelo Twitter, como habitual. "Desejo a Archie Mountbatten-Windsor um feliz segundo aniversário hoje", disse uma mensagem publicada nas contas da Rainha Elizabeth, com votos semelhantes vindos do avô de Archie, príncipe Charles, e de seus tios, príncipe William e Kate Middleton.

Archie involuntariamente se tornou um ponto focal da deterioração do relacionamento entre Harry e o resto da família. Durante uma entrevista à Oprah Winfrey em março, Meghan, 39, filha de uma mãe negra e um pai branco, disse que um membro da realeza perguntou quão escura poderia ser a pele de Archie antes de ele nascer.

A alegação levou William a negar que os Windsors eram racistas, enquanto a rainha divulgou um comunicado dizendo que as questões levantadas sobre a raça eram preocupantes, mas que "algumas lembranças podem variar".

Meghan, a duquesa de Sussex que está grávida do segundo filho do casal, disse na terça-feira que Archie e Harry foram a inspiração para um novo livro infantil que ela escreveu e que será publicado no próximo mês. "The Bench começou como um poema que escrevi para meu marido no Dia dos Pais, um mês após o nascimento de Archie. Esse poema se tornou esta história", disse ela em um comunicado. (Com agências internacionais)