Publicidade
Segundona

Paraná Clube derrota o Operário em Ponta Grossa e fica com pontuação de G4 da Série B

Jogadores do Paraná comemoram o gol de Bruno Rodrigues
Jogadores do Paraná comemoram o gol de Bruno Rodrigues (Foto: Reprodução / SporTV)

O Paraná Clube venceu mais um rival local na Série B. Três dias após ter derrotado o Coritiba (2 a 0), o time da Vila Capanema bateu o Operário por 1 a 0, em Ponta Grossa, na noite desta terça-feira (8). A partida, disputada no estádio Germano Krüger, era válida pela 27ª rodada da competição.

Com o resultado, o Paraná foi a 41 pontos. Chegou a ficar em 4º lugar, dentro da zona de acesso à primeira Divisão Nacional. Horas depois, caiu para 5º lugar. Foi ultrapassado pelo América-MG, que fez 2 a 0 no Bragantino, também nesta terça-feira. O time mineiro também foi a 41 pontos e leva vantagem no número de vitórias — tem 11, contra 10 dos paranaenses. O Operário, por sua vez, ficou com 36 pontos, na 10ª colocação.

Bruno Rodrigues foi o destaque do Paraná: veja atuações do time

Foi o quinto duelo do Paraná Clube contra paranaenses na Série B de 2019. Nos outros jogos, o time derrotou Coritiba (3 a 2, no Couto, e 2 a 0, na Vila) e Operário (1 a 0, na Vila), mas perdeu para o Londrina (2 a 1, no estádio do Café). Até agora, o time do técnico Matheus Costa é quem mais venceu esses duelos regionais. Seria o líder de um eventual “Paranaense na Série B”.

TABELA

O próximo jogo do Paraná Clube na Série B será neste sábado (12). O time vai enfrentar o Bragantino, às 16h30, em Bragança Paulista (SP). O volante Fernando Neto, que levou o terceiro cartão amarelo nesta terça, cumpre suspensão. O Operário, por sua vez, vai duelar contra o Londrina, no estádio do Café, no mesmo dia e horário.

ESCALAÇÃO

Pela quarta vez seguida, o técnico Matheus Costa pôde escalar o mesmo time no Paraná Clube, sem problemas de suspensões ou lesões. A equipe entrou no 4-2-3-1, com Bruno Rodrigues (pelo lado direito) e Judivan (pela esquerda) pelos lados na linha de três meias. “Jogar aqui em Ponta Grossa tem suas peculiaridades, mas vamos tentar impor nosso ritmo de jogo”, disse o treinador. O Operário também estava num 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO

Uma das peculiaridades a que Costa se referia é que o Operário tenta se impor quando joga em casa, seja qual for o adversário. Diante disso, o Paraná até que se defendia bem, apesar de alguns errinhos. O problema era passar do meio-de-campo. O time não conseguia trabalhar a bola, apostou demais em lançamentos que não deram certo e só finalizou uma vez, após um escanteio.

Depois que Judivan e Bruno Rodrigues trocaram de lado, o Paraná conseguiu criar mais jogadas. O time da casa, por sua vez, chegou a mandar uma bola na trave. No fim do primeiro tempo, Vitinho sofreu uma falta dura no meio-de-campo e foi substituído por Itaqui. Isso rendeu mais alguns minutos ao primeiro tempo, o suficiente para Bruno Rodrigues marcar 1 a 0, aos 50 minutos.

SEGUNDO TEMPO

Sem Vitinho, Matheus Costa posicionou Fernando Neto como meia ofensivo e deixou Itaqui como volante, ao lado de Luiz Otávio. Aos 10 minutos, o Operário ficou sem o zagueiro Rodrigo, que levou o segundo cartão amarelo ao dar uma cotovelada em Jenison – havia levado o primeiro dois minutos antes – e acabou expulso. Em seguida, Costa trocou Judivan por Raphael Alemão, aos 12 minutos.

Depois da expulsão do defensor do Operário, o jogo ficou ríspido, com entradas duras de ambos os lados. Em 15 minutos, o árbitro distribuiu cinco cartões amarelos. O Paraná decidiu recuar e apostar em contragolpes – que não se encaixavam. Isso fez com quem o time fosse fustigado pelos insistentes cruzamentos da equipe da casa. Até por isso, Costa trocou um meia-atacante, Bruno Rodrigues, por um zagueiro, Eduardo Bauermann, aos 40 minutos. Aos 45, o Operário reclamou de pênalti de Leandro Almeida em Uillian, mas o árbitro mandou seguir. E o Paraná conseguiu a vitória.

ESTATÍSTICAS

Ao fim do jogo, o Paraná somou 8 finalizações (2 certas), 43% de posse de bola, 74% de acerto nos passes e 4 escanteios. O Operário obteve 17 finalizações (5 certas e duas na trave), 57% de posse de bola, 79% de acerto nos passes e 7 escanteios. Os números são do site Sofascore.

 

OPERÁRIO 0 x 1 PARANÁ
Operário: Rodrigo Viana; Maílton, Rodrigo, Alisson e Julinho (Uillian); Índio e Revson (Schumacher); Cleyton, Marcelo e Felipe Augusto (Lennon); Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão
Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Fernando Neto; Bruno Rodrigues (Eduardo Bauermann), Vitinho (Itaqui) e Judivan (Raphael Alemão); Jenison. Técnico: Matheus Costa
Gol: Bruno Rodrigues (50-1º)
Cartões amarelos: Judivan, Rodrigo, Marcelo, Fernando Neto, Mailton, Raphael Alemão, Itaqui
Expulsão: Rodrigo (10-2º)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Renda R$ 56.545,00
Público: 4.467 (pagante), 5.171 (total)
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, terça-feira

 

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

2 – Cleiton cobra falta para a área. Alisson cabeceia por cima do gol

6 – Mailton passa pela marcação e bate de fora da área. Thiago Rodrigues pega

9 – Bruno Rodrigues passa por Juninho em velocidade e vê Jenison livre na área, mas faz um cruzamento ridículo e desperdiça grande chance

15 – Lucas Batatinha arranca com a bola em direção à área. Leandro Almeida falha ao tentar cortar. Felipe Augusto recebe, fica na cara do gol e bate cruzado, mas para fora

19 – Vitinho cobra escanteio. Jenison cabeceia com perigo, mas para fora

23 – Lucas Batatinha avança pela direita e bate cruzado para a pequena área. Felipe Augusto se estica, mas não alcança a bola

25 – Julinho cobra falta para a área. Marcelo desvia de cabeça. A bola resvala na zaga e assusta, mas sai por cima do gol

32 – Lucas Batatinha bate de fora da área. Thiago Rodrigues põe para escanteio

36 – Marcelo arrisca de fora da área. Thiago Rodrigues defende

39 – Bruno Rodrigues rouba bola no meio-de-campo, avança e serve Vitinho na área. Ele finaliza fraco e o goleiro pega

39 – Após contra-ataque, a bola vai à área do Paraná. Eder Sciola erra ao tentar cortar. Lucas Batatinha finaliza. A bola bate na trave e volta para as mãos do goleiro

48 – Jenison recebe e tenta de fora da área, mas por cima do gol

49 – Índio arrisca de fora da área e manda à esquerda do gol

50 – Gol do Paraná. Bruno Rodrigues recebe de Judivan, dribla Julinho na área e bate cruzado, no ângulo direito do goleiro

SEGUNDO TEMPO

2 – Felipe Augusto cruza da esquerda. Uillian finaliza de carrinho e Thiago Rodrigues salva

4 – Marcelo cobra falta de longe e manda direto a gol. A bolas bate no travessão e sai

6 – Após escanteio, Itaqui joga a bola de volta à área. Jenison domina e fica de frente para o gol, mas acaba desarmado por Índio na hora H

20 – Após cruzamento de Fernando Neto da esquerda, Jenison finaliza. A bola desvia na zaga e não entra

22 – Mailton arremata de longe. Thiago Rodrigues espalma

32 – Após escanteio, Alisson sobe sozinho e cabeceia com perigo, mas para fora

34 – Cleiton cruza. A bola vai a gol e Thiago Rodrigues afasta de forma esquisita

35 – Revson arrisca de longe e manda direto pela linha de fundo

38 – Cleiton faz jogada pela esquerda e cruza. Schumacher sobe e cabeceia com perigo, mas para fora

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES