Publicidade
Mercado da bola

Paraná Clube desiste de contratar executivo de futebol

Leonardo de Oliveira
Leonardo de Oliveira (Foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube não vai contratar um executivo de futebol. Pelo menos, essa é a ideia para as próximas semanas. “É uma função importante, mas hoje o clube tem uma estrutura e uma organização capaz de sobreviver sem”, explicou o presidente do clube, Leonardo de Oliveira, em entrevista coletiva na última quarta-feira (dia 10).

O último executivo de futebol foi André Mazzuco, que aceitou proposta do Vasco e deixou o Paraná em junho. Ele foi contratado no final de 2018, para substituir Rodrigo Pastana, hoje no Coritiba.

As funções do executivo de futebol serão divididas entre Leonardo de Oliveira, o supervisor Daniel Kaminski, o técnico Matheus Costa e os auxiliares Lúcio Flávio e Alan Aal. “Estamos tocando este projeto. Eu acompanhei o trabalho do Mazzuco, do Pastana, venho vivenciando o dia a dia do futebol e neste momento vamos aguardar, tocar com a estrutura que nós temos. Temos pessoas capacitadas, uma comissão técnica muito presente e consciente das condições do clube”, afirmou o dirigente. “Esse elenco é muito bom de trato, temos uma facilidade de relacionamento e isso nos proporciona manter esta estrutura. O futuro a Deus presente, teremos que avaliar o dia a dia, os resultados e caso em algum momento a gente opte por trazer um diretor, temos vários nomes entrevistados, bem conhecidos e dependendo da necessidade faremos a escolha”, comentou Leonardo de Oliveira.

No entanto, o presidente afirmou que pode mudar de ideia no decorrer da Série B, conforme os obstáculos da temporada. “Caso, em algum momento, a gente opte por trazer diretor, temos vários nomes. Dependendo da necessidade, vamos contratar”, disse.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES