Brasileirão

Paraná Clube domina o Atlético-MG, mas abusa dos erros e perde mais uma

Leonardo Silva cabeceia para marcar o gol do Atl\u00e9tico-MG
Leonardo Silva cabeceia para marcar o gol do Atl\u00e9tico-MG (Foto: Divulgação/Atlético-MG/Bruno Cantini)

O Paraná Clube perdeu por 2 a 0 para o Atlético Mineiro, nessa quarta-feira (dia 25) à noite, em Belo Horizonte (MG), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 18º lugar, com 13 pontos, dentro da zona de rebaixamento. A equipe mineira está na 3ª colocação, com 26 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O time paranaense segue como o pior visitante da competição: nenhuma vitória, um empate e cinco derrotas. O Galo é o melhor mandante, empatado com o Flamengo, ambos com 19 pontos em oito jogos em casa.

Apesar do placar negativo, o Paraná fez uma boa partida em Belo Horizonte. Foi praticamente perfeito na marcação, mostrou qualidade na armação no meio-campo e teve força ofensiva. No entanto, perdeu o jogo em dois graves erros individuais. No primeiro, o goleiro Thiago Rodrigues não cortou um cruzamento fechado, quase dentro do gol. No segundo, o meia Caio Henrique deu uma “assistência contra”, colocando o meia Elias na cara do gol. 

"Fizemos um dos melhores jogos do campeonato hoje. Não merecíamos perder", disse o volante Torito González, do Paraná Clube.

TREINADOR
O técnico Rogério Micale completou 21 jogos pelo Paraná, agora com 7 vitórias, 6 empates e 8 derrotas.

ESCALAÇÃO
Os desfalques no Paraná eram Rayan, Jesiel, Carlos e Thiago Santos. A principal novidade foi a estreia do zagueiro Renê Santos, ex-Atlético-GO. O esquema tático foi o 4-1-4-1, com Leandro Vilela como volante. A linha de quatro tinha Silvinho (esquerda), Rodolfo (direita), Alex Santana (centro) e Caio Henrique (centro). O meia Nadson atuava como “falso 9”, à frente do meio-campo. O Atlético-MG não tinha Luan, Galdezani, Cazares, Adilson, Edinho, Gustavo Blanco e Uilson. O time mineiro jogou no 4-3-3. 

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo teve uma atuação quase perfeita do Paraná na marcação. O Galo mostrou qualidade nas ações ofensivas, mas esbarrou em uma muralha sólida. O time paranaense não só anulou os pontos fortes do adversário como criou cinco boas jogadas ofensivas. Rodolfo, Alex Santana e Nadson levaram perigo ao gol de Victor. No entanto, o Atlético-MG marcou o gol na única chance que teve, aos 38 minutos. Terans cobrou falta cruzando para a pequena área. Thiago Rodrigues não cortou e Leonardo Silva, quase dentro do gol, cabeceou livre. 

SEGUNDO TEMPO
Com a vantagem no placar, o Galo recuou. O Paraná controlou o meio-campo e ampliou seu domínio na partida. Criou boas jogadas ofensivas e levou perigo em jogadas pelas pontas, chutes de fora da área e lances de bola parada. Aos 27, duas substituições no time paranaense. Saíram os volantes Alex Santana e Leandro Vilela. E entraram o volante Torito González e o ponta Raphael Alemão. No minuto seguinte, aos 28, o segundo gol do Galo. Caio Henrique errou passe na saída. Elias interceptou, partiu livre e chutou na saída do goleiro. Aos 32, saiu o meia Caio Henrique e entrou o meia Carlos Eduardo. Aos 35, Lucas Cândido cometeu fala violenta em Silvinho e acabou expulso. Com um jogador a mais, o Paraná aumentou a pressão, mas não conseguiu criar boas chances.  

ESTATÍSTICAS
Ao final dos 90 minutos, o Paraná somou 45% de posse de bola, 20 finalizações (8 certas), 88% de precisão nos passes e 7 escanteios. O Atlético teve 55% de posse de bola, 6 arremates (4 certos), 92% nos passes e 4 escanteios. Os dados são do Footstats.

ATLÉTICO-MG 2 x 0 PARANÁ
Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos (Carlos Gabriel); José Welison, Elias, Tomás Andrade (Lucas Cândido), David Terans (Bruno Roberto) e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi
Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Cléber Reis, Renê Santos e Mansur; Leandro Vilela (Torito González); Alex Santana (Raphael Alemão), Caio Henrique (Carlos Eduardo), Rodolfo e Silvinho; Nadson. Técnico: Rogério Micale
Gols: Leonardo Silva (38-1º) e Elias (28-2º)
Expulsão: Lucas Cândido (35-2º).
Cartões amarelos: Leonardo Silva (A). Nadson (P).
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Público: 17.244 pagantes
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

1 – Caio Henrique para Rodolfo, que dribla o zagueiro e chuta para fora.
10 – Leandro Vilela chuta de longe. A bola vai para fora.
30 – Silvinho toca para Alex Santana, na meia-lua. Ele gira, tira o marcador e chuta. Victor defende.
34 – Nadson recebe na área e chuta cruzado. Victor espalma para escanteio.
35 – Rodolfo recebe na ponta-direita, corta para dentro e chuta para fora.
38 – Gol do Atlético-MG. Falta na direita. Terans cruza. Thiago Rodrigues não corta. Leonardo Silva, quase dentro do gol, cabeceia. 
44 – Falta na esquerda. Caio Henrique cruza. Renê Santos cabeceia. Victor salva.
46 – Contra-ataque. Terans invade a área e chuta cruzado. Thiago Rodrigues segura.

Segundo tempo
4 – Mansur chuta de fora da área. Victor espalma no canto.
12 – Rodolfo invade a área e chuta forte, cruzado. Victor espalma.
15 – Nadson cobra escanteio. Cleber Reis cabeceia sobre o gol.
24 – Junior chuta de fora da área. Victor rebate mal.
28 – Gol do Atlético-MG. Caio Henrique erra passe na saída. Elias intercepta, parte livre e toca na saída do goleiro.