Publicidade
Vila Capanema

Paraná Clube é goleado pelo Flamengo e registra recorde negativo no Brasileirão

Paraná Clube é goleado pelo Flamengo e registra recorde negativo no Brasileirão
Lucas Paquetá comemora gol sobre o Paraná Clube (Foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube perdeu por 4 a 0 para o Flamengo, nesse domingo (dia 21) à noite, na Vila Capanema, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense permaneceu na laterna, com 17 pontos. A equipe carioca assumiu a vice-liderança, com 58 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O time da Vila Capanema completou 16 jogos sem vitória no Brasileirão, com quatro empates e 12 derrotas. Essa é a maior sequência sem vencer da história da competição, iniciada em 1971. Antes, as piores marcas pertenciam ao São Caetano (2006) e ao América-RN (2007), com 15 jogos. O Paraná não sabe o que é vencer desde 22 de julho, pela 14ª rodada, quando derrotou o América-MG por 1 a 0. 

O Flamengo chegou à terceira vitória consecutiva. O time carioca só sofreu uma derrota nos últimos nove jogos.

A partida desse domingo marcou a estreia do técnico Dado Cavalcanti no Paraná Clube.

ESCALAÇÕES
Os desfalques no Paraná eram Nadson, Cleber Reis, Maicosuel, Biteco, Ortigoza e Felipe Augusto, todos em recuperação, além de Jhony Douglas, suspenso. Nenhum deles foi titular na última partida. Dado Cavalcanti só fez duas alterações em relação ao jogo anterior: as entradas de Jhonny Lucas e Mansur. Com isso, perderam lugar no time Leandro Vilela e Juninho. O esquema tático era 5-4-1 para defender e 3-4-3 para atacar. O lateral Igor ficou improvisado como zagueiro. Silvinho e Deivid atuaram como extremos (pelos lados do campo). No Flamengo, as baixas eram Diego Alves, Juan e Trauco. O time jogou no 4-2-3-1. 

PRIMEIRO TEMPO
O Paraná começou recuado, tentando suportar a pressão adversária e aplicar contra-ataques. A ideia não funcionou. O Flamengo teve facilidade para dominar o jogo e, com qualidade individual, soube aproveitar as constantes falhas individuais do adversário. Aos 18, Lucas Paquetá fez 1 a 0, recebendo passe de Uribe, que interceptou passe de Deivid. Além do gol, o time carioca levou perigo em mais dois lances. A equipe paranaense praticamente não atacou e foi para o vestiário, no intervalo, ouvindo vaias. 

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, Dado tirou o zagueiro Renê Santos e colocou o ponta Raphael Alemão. O time mudou para o 4-2-3-1. A linha de três tinha Raphael Alemão (esquerda), Silvinho (centro) e Deivid (direita). O Paraná tentou sair para o jogo e equilibrar a disputa no meio-campo, mas levou o segundo gol já aos 5 minutos. Arão cruzou e Rayan tentou tirar, mas a bola bateu em Igor e sobrou limpa para Vitinho fuzilar: 2 a 0. O Flamengo fez 3 a 0 aos 12, em contra-ataque de Vitinho finalizado por Uribe. 

ESTREIA
Aos 15, Dado tirou o ponta Deivid e colocou o meia-atacante Jean Lucas, 23 anos, ex-Joinville e Inter de Lages, revelado na base do Coritiba. Ele fez sua estreia pelo Paraná. Com isso, o clube chegou a 55 jogadores utilizados nas 43 partidas da temporada 2018. 

EXPULSÃO E FIM DE JOGO
Aos 26, Raphael Alemão acabou expulso por falta em Renê. A imagem da TV dá a impressão que era um lance típico para cartão amarelo. Aos 32, Dado tirou Silvinho e colocou o volante Leandro Vilela. Mesmo com um jogador a mais, o Flamengo não conseguiu ampliar seu domínio e fez uma partida burocrática até o final.  Só aos 45 fez o quarto gol. Diego fez jogada individual e Richard salvou, mas Henrique Dourado aproveitou o rebote. 

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Paraná somou 6 finalizações (2 certas), 30% de posse de bola, 74% de eficiência nos passes e 4 escanteios. O Flamengo arrematou 11 vezes (6 certas) e teve 70% de posse de bola, 89% de eficiência nos passes e 1 escanteio. Os dados são do WhoScored.

PARANÁ CLUBE 0 x 4 FLAMENGO
Paraná: Richard; Júnior, Renê Santos (Raphael Alemão), Rayan, Igor e Mansur; Jhonny Lucas, Alex Santana, Deivid (Jean Lucas) e Silvinho (Leandro Vilela); Grampola. Técnico: Dado Cavalcanti
Flamengo: César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuellar e William Arão (Henrique Dourado); Éverton Ribeiro (Diego), Lucas Paquetá e Vitinho (Geuvânio); Uribe. Técnico: Dorival Júnior
Gols: Lucas Paquetá (18-1º), Vitinho (5-2º), Uribe (12-2º) e Henrique Dourado (45-2º)
Expulsão: Raphael Alemão (26-2º)
Cartões amarelos: Jean Lucas (P). 
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Público: 4.271 pagantes 
Local: Vila Capanema 

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

11 – Renê cruza da esquerda. Uribe cabeceia no canto. Richard faz defesa espetacular.
18 – Gol do Flamengo. Deivid erra passe na defesa. Uribe aproveita e toca para Lucas Paquetá, livre na área. Ele chuta e marca.
23 – Renê cruza. Uribe entra livre, na cara do gol, mas não alcança.
25 – Deivid e Junior fazem boa jogada pela direita. A zaga tira. 
34 – Silvinho invade a área e chuta cruzado. O goleiro segura.

Segundo tempo
5 – Gol do Flamengo.
Lateral cobrado. Arão cruza. Rayan tenta tirar. A bola bate em Igor e sobra para Vitinho fuzilar, na cara do gol. 
12 – Gol do Flamengo. Vitinho puxa contra-ataque e enfia para Uribe, que ganha de Rayan e chuta na saída de Richard.
37 – Grampola chuta de fora da área. O goleiro espalma para escanteio.
45 – Gol do Flamengo. Diego faz jogada individual e sai na cara do gol. Richard salva. Henrique Dourado pega o rebote e marca.

DESTAQUES DOS EDITORES