Mesmo na lanterna

Paraná Clube é o quarto que mais finaliza no Brasileirão 2018

"Silvinho: jogador do Paran\u00e1 que mais finaliza"
"Silvinho: jogador do Paran\u00e1 que mais finaliza" (Foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube é o lanterna do Campeonato Brasileiro 2018. Também fica em último lugar no número de gols marcados, com apenas 11 em 24 jogos. Apesar desses números negativos, o time aparece entre os primeiros da competição no volume de jogo ofensivo. É o quarto colocado no número de finalizações, com média de 13,6 por jogo, segundo o site WhoScored.

Um lanterna com essas características é raro. Nas dez maiores ligas do mundo, apenas um último colocado supera o Paraná no número de finalizações. O Estoril, de Portugal, terminou em último lugar o campeonato nacional 2017/18 com média de 13,9 finalizações por partida.

O Bem Paraná usou dados das dez maiores ligas da temporada 2017/18, já que os campeonatos de 2018/19 estão nas rodadas iniciais. 

O PODER DE FOGO DOS LANTERNAS

O último colocado de cada liga e a média de finalizações por jogo

Estoril (Portugal)

13,9

Paraná Clube (Brasil)

13,6

Twente (Holanda)

13,6

Benevento (Itália)

12,4

FC Koln (Alemanha)

11,4

Metz (França)

11,3

Málaga (Espanha)

10,6

Olimpo (Argentina)

10,1

West Brom (Inglaterra)

9,9

SKA (Rússia)

8,3

PRECISÃO
Se tem um grande volume ofensivo, o Paraná peca na precisão. A média de finalizações certas por jogo é a quarta pior da competição, com média de 3,4 por partida. Ou seja, no caso do Tricolor da Vila Capanema, 10,2 arremates por partida não chegam a incomodar o goleiro adversário. 

Entre os jogadores do Paraná, os que mais acertam o gol adversário são o centroavante Ortigoza (1,0 por jogo),os pontas Silvinho (0,86) e Raphael Alemão (0,83) e o meia Nadson (0,64). Os dados são do Footstats.

Os maiores índices de precisão são de Ortigoza (100%), Raphael Alemão (71%), Nadson (70%), Matheus Pereira (50%) e Silvinho (42%). Os piores são do zagueiro Rayan (12%), do volante Leandro Vilela (15%), do ponta Léo Itaperuna (17%), do meia Caio Henrique (19%), do lateral Igor (21%) e do centroavante Grampola (22%). 

Quem mais arrisca é Silvinho, com 2,1 finalizações por jogo, seguido pelo centroavante Thiago Santos (1,8) e pelo volante Alex Santana (1,8).

Silvinho é o artilheiro do Paraná no Brasileirão 2018, com três gols. Outros oito jogadores marcaram um gol cada.