Publicidade
Europa

Paraná Clube negocia Jhonny Lucas para liga 'boa de vendas'

O japonês Tomiyasu: vendido por 9 milhões de euros pelo Sint-Truidense
O japonês Tomiyasu: vendido por 9 milhões de euros pelo Sint-Truidense (Foto: Reprodução/Twitter/stvv)

O Paraná Clube está perto de fechar a venda do volante Jhonny Lucas, 19 anos, para o Sint-Truidense, sétimo colocado do último campeonato belga. O clube paranaense vai negociar 90% dos direitos econômicos do atleta (o valor deve ficar entre 1 milhão e 2,5 milhões de euros) e manter 10% para lucrar com uma futura venda. E o histórico recente da liga belga – a Jupiler Pro League – mostra que a estratégia pode trazer bom lucro para a equipe brasileira.

Na atual janela de transferências do mercado europeu, os 16 clubes belgas da primeira divisão souberam lucrar. O total de compras dessas equipes foi de 120 milhões de euros. E o total de vendas foi 220 milhões de euros. Ou seja, um lucro de 100 milhões. Os dados são do site Transfermarkt.de.

Os números retratam o cenário de uma liga com status de “celeiro” do futebol europeu. Os clubes belgas formam bons jogadores nas categorias de base e contratam atletas com baixos valores. Meses depois, vendem esses mesmos por altos valores para ligas maiores.

É o caso do Genk, atual campeão belga, que na atual janela vendeu o ponta belga Trossard por 20 milhões de euros para o Brighton (Inglaterra) e o ucraniano Malinovskyi para a Atalanta (Itália) por 12,5 milhões de euros. Trossard foi formado na base e Malinovskyi, comprado pelo Genk em janeiro de 2017 por 2 milhões de euros.

O Clube Brugge é outro exemplo. Na atual janela, vendeu o centroavante brasileiro Wesley por 25 milhões de euros para o Aston Villa, da Inglaterra.

O Sint-Truidense também usou essa fórmula para lucrar. Em janeiro de 2018, comprou o zagueiro japonês Tomiyasu por 800 mil euros e, agora na atual janela, vendeu por 9 milhões de euros para o Bologna, da Itália.

ELENCO
O principais nomes do atual elenco do Sint-Truidense são o zagueiro espanhol Pol García, 24 anos, ex-Juventus-ITA, e o atacante argentino Facundo Colidio, 19 anos, emprestado pela Inter de Milão-ITA. O jogador mais valioso do clube, avaliado em 3 milhões de euros pelo Transfermarkt.de, é o centroavante marfinense Yohan Boli, 24 anos, artilheiro do time na última liga, com 12 gols em 29 jogos. O clube conta também com um brasileiro, o meia-atacante Alan Sousa, 22 anos, emprestado pelo Vejle, da Dinamarca. Dos 26 atletas do elenco, 14 são estrangeiros.

O CLUBE
O Sint-Truidense foi fundado em 1924 e nunca conquistou a primeira divisão. A melhor campanha foi o vice em 1966. As principais conquistas foram os quatro títulos da segunda divisão (1987, 1994, 2009 e 2015). O clube tem um estádio com 14.600 lugares, que fica em Sint-Truiden, cidade com 40 mil habitantes.

JHONNY LUCAS
Revelado na base do Paraná Clube, Jhonny Lucas vai assinar contrato de cinco anos com o Sint-Truiden. O jogador quase não atuou em 2019 – apenas quatro partidas – exatamente porque aguardava a sua transferência para o futebol europeu. A principal temporada do jogador foi em 2018, com 26 jogos e dois gols marcados.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES