Publicidade
Copa do Brasil

Paraná Clube pode acumular R$ 1 milhão com empate na quarta-feira

Treino do Paraná Clube: em busca da vaga
Treino do Paraná Clube: em busca da vaga (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Rui Santos)

As cotas de participação da Copa do Brasil 2020 já foram divulgadas. Por participar da primeira fase, o Paraná Clube recebe R$ 540 mil. Se passar pelo Palmas (TO), garante mais R$ 650 mil, valor equivalente à cota da segunda fase. Com isso, o clube acumularia R$ 1.190.000,00.

E para garantir esse valor só precisa de um empate na quarta-feira (dia 5). Pelo regulamento da Copa do Brasil, o time visitante avança de fase se conseguir o empate. O mando de campo pertence à equipe com pior posição no ranking da CBF. A disputa ocorre em jogo único na primeira fase.

O Paraná vai jogar às 21h30 de Brasília, contra o Palmas, em Palmas (TO). Se avançar, enfrenta na segunda fase o vencedor do duelo entre o Bahia de Feira (BA) e o Luverdense (MT).

Na segunda fase, a disputa também ocorre em jogo único, mas com decisão por pênaltis em caso de empate.

O ADVERSÁRIO
O Palmas, fundado em 1997, foi campeão estadual em 2019 e agora é o líder do Campeonato Tocantinense 2020. Nas duas rodadas disputadas até agora, foram duas vitórias: 2x0 no Araguacema e 3x0 no Tocantinópolis.

Uma das preocupações do Paraná é o gramado do Estádio Nilton Santos, em Palmas (TO). “O Palmas é uma equipe difícil jogando em seu campo. Sabemos que vamos encarar um campo cheio de areia, mas temos que estar preparados e atentos. Independente do que venha acontecer com o clube, a gente quer buscar o resultado para dar a economia necessária para ajudar o Paraná”, disse Alex Brasil, executivo de futebol do Paraná Clube, em entrevista à Rádio Transamérica Curitiba.

COTAS DA COPA DO BRASIL 2020
Primeira fase
Grupo 1: R$ 1,1 milhão
Grupo 2: R$ 950 mil
Grupo 3: R$ 540 mil

Segunda fase
Grupo 1: R$ 1,3 milhão
Grupo 2: R$ 1 milhão
Grupo 3: R$ 650 mil

Terceira fase: R$ 1,5 milhão
Quarta fase: R$ 2 milhões
Oitavas de final: 2,6 milhões
Quartas de final: R$ 3,3 milhões
Semifinais: R$ 7 milhões
Vice-campeão: R$ 22 milhões
Campeão: R$ 54 milhões

Grupo 1: 15 primeiros colocados no Ranking da CBF
Grupo 2: Clubes da Série A abaixo do Top 15 do Ranking da CBF
Grupo 3: Clubes abaixo do Top 15 do Ranking da CBF e abaixo da Série A

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES