Crise

Paraná Clube reduz gastos do futebol em R$ 5 mi e dívida aumenta em R$ 20 mi

Vila Capanema vazia: sem público devido à pandemia aumenta o prejuízo financeiro
Vila Capanema vazia: sem público devido à pandemia aumenta o prejuízo financeiro (Foto: Valquir Aureliano)

O Paraná Clube fechou o ano de 2020 com déficit de R$ 20 milhões. As informações constam no balanço publicado em maio de 2021 pelo clube. Em 2019, o déficit foi de R$ 2 milhões. A dívida do clube saltou de R$ 120,5 milhões em dezembro de 2019 para para R$ 141,1 milhões em dezembro de 2020.

A maior parte dessa dívida, R$ 55 milhões, é cível. O restante é trabalhista (R$ 38,6 milhões) e fiscal (R$ 8,9 milhões).

O clube reduziu suas despesas no departamento de futebol. Em 2019, gastou R$ 20,2 milhões nesse setor. Em 2020, R$ 15,2 milhões. Ou seja, uma redução de R$ 5 milhões. No entanto, o déficit veio com queda na arrecadação com ingressos e sócios (caiu de R$ 5,2 milhões em 2019 para R$ 3,1 milhões em 2020), na venda de jogadores (diminuiu de R$ 5,4 milhões em 2019 para R$ 1,1 milhão em 2020) e na parte social do clube (reduziu de R$ 2,2 milhões em 2019 para R$ 80 mil em 2020).

O Paraná conseguiu aumentar suas cotas de TV (de R$ 8,1 milhões em 2019 para R$ 9,6 milhões em 2020) e arrecadação de patrocínios (de R$ 346 mil em 2019 para R$ 553 mil em 2020), mas não conseguiu evitar o déficit.

BALANÇO DO PARANÁ CLUBE

2019

2020

Dívida

R$ 120,5 milhões

R$ 141,1 milhões

Déficit

R$ 2 milhões

R$ 20 milhões

DESPESAS DO PARANÁ CLUBE

2019

2020

Futebol

R$ 20,2 milhões

R$ 15,2 milhões

RECEITAS DO PARANÁ

2019

2020

Cotas de TV

R$ 8,1 milhões

R$ 9,6 milhões

Patrocínios

R$ 346 mil

R$ 553 mil

Estádio

R$ 5,2 milhões

R$ 3,1 milhões

Venda de jogadores

R$ 5,4 milhões

R$ 1,1 milhão

Social

R$ 2,2 milhões

R$ 80 mil