Pandemia

Paraná Clube tenta 'confinar' jogadores no CT, mas prefeitura não aceita

Treino no CT Ninho da Gralha
Treino no CT Ninho da Gralha (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Irapitan Costa)

O Paraná Clube tentou voltar aos treinos presenciais nesta semana. O clube não pode utilizar o CT Ninho da Gralha, em Quatro Barras, porque a prefeitura vetou treinamentos no município até 4 de abril, como parte das medidas para conter o avanço da Covid-19.

Segundo o repórter Luiz Ferraz, da rádio Banda B, o clube tentou um acordo para treinar no CT e manter os atletas no local. “O Paraná Clube tentou, sem sucesso, acordo com a Pref. de Quatro Barras. Faria um esquema de confinamento, com todos seus atletas e funcionários dentro do CT Ninho da Gralha sem sair por uma semana, até o final de decreto. Foi a solução encontrada para não 'perder' + uma semana”, revelou o jornalista, no seu perfil no Twitter.

Sem acordo com a prefeitura, o Paraná começou nessa segunda-feira (dia 29) mais uma semana de treinos online. O elenco está desde o dia 22 de março treinando em casa, orientados pelos preparadores físicos via plataforma online.

O clube não tem jogos agendados. A previsão mais otimista para o próximo jogo do Paraná Clube é 10 de abril. O retorno aos treinos presenciais pode ocorrer em 6 de abril. Para que isso ocorra, a prefeitura de Quatro Barras precisa autorizar treinos no município. E a próxima partida do time será na Vila Capanema, em Curitiba, que depende de autorização da prefeitura da capital para a realização de jogos.

O time atuou pela última vez em 17 de março, na vitória por 2 a 0 sobre o Toledo, em Toledo.

O Paraná estuda realizar um jogo-treino nos próximos dias, mas em outro município, em local autorizado pela prefeitura responsável.