Publicidade
Série B

Paraná Clube vence o lanterna e parte para decisão em Goiânia

O Paraná Clube venceu por 2 a 1 o São Bento, nessa terça-feira (dia 12) à noite, na Vila Capanema, pela 35ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense segue na cola do G4, em sexto lugar, com 54 pontos, três pontos abaixo do quarto colocado. Já a equipe de Sorocaba continua na lanterna, com 30 pontos, e completa sete rodadas sem vencer. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Nas três rodadas finais, o Paraná ainda joga contra o Atlético-GO (em Goiânia), o Criciúma (em Santa Catarina) e o Botafogo-SP (na Vila Capanema).

A partida contra o Atlético-GO, na sexta-feira (dia 16), vira uma verdadeira decisão. O time de Goiânia é o quarto colocado na competição, três pontos acima do Paraná. Ou seja, se vencer, a equipe paranaense fica com a mesma pontuação que esse concorrente direto.

Com o resultado dessa terça, o Paraná completa quatro partidas seguidas sem perder (três vitórias e um empate).

ESCALAÇÃO
As novidades no Paraná eram o volante Luiz Otávio e o meia Vitinho no banco. Com isso, entraram no time os meias Jhemerson e João Pedro. Outra alteração foi a saída do lateral-direito Léo Príncipe, suspenso, para a entrada de Eder Sciola.

O treinador manteve o esquema tático 4-2-3-1, Jhemerson e Fernando como volantes. A linha de três tinha Matheus Anjos (centro), João Pedro (direita) e Bruno Rodrigues (esquerda). A alternativa treinada na véspera, com variação para 5-4-1 (defesa) e 3-4-3 (ataque), acabou não ocorrendo durante o jogo.

O São Bento não tinha Paulinho Bóia, Mansur, Minho, Joilson e Elton.

ARBITRAGEM
Na Central do Apito do Sportv, o ex-árbitro Paulo Cesar de Oliveira afirmou que a arbitragem acertou ao marcar a pênalti para o São Bento, aos 12 do 1º. Ele também declarou que o árbitro errou ao não marcar pênalti para o Paraná, aos 17 do 2º, quando o zagueiro Gerson travou voleio de Jenison.

PRIMEIRO TEMPO
Sem volantes de ofício no meio-campo, o Paraná apostou na troca de passes curtos pelo centro e nos avanços frequentes dos laterais. No aspecto ofensivo, a estratégia funcionou e o time teve amplo domínio. No aspecto defensivo, a equipe apresentou dificuldades em certos momentos. O São Bento abriu o placar em pênalti polêmico, cometido por Leandro Almeida e convertido por Zé Roberto, aos 12 minutos. A reação foi rápida. Matheus Anjos empatou aos 18, em chute de fora da área, e virou para 2 a 1 aos 20, após cruzamento de Matheus Anjos, trabalho de pivô de Jenison e chute de Eder Sciola.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo teve ritmo lento. Os sistemas defensivos começaram a levar a melhor e a partida ficou truncada. Aos 13, saiu João Pedro e entrou o meia Vitinho, que ficou centralizado. Matheus Anjos passou a jogar pelo lado esquerdo. O Paraná teve boas chances para liquidar o jogo, em três contra-ataques, mas Bruno Rodrigues, Guilherme Santos e Ramon desperdiçaram. Aos 30, saiu Jenison e entrou o atacante Ramon. Aos 40, saiu Jhemerson e entrou o volante Luiz Otávio.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Paraná somou 16 finalizações (8 certas), 43% de posse de bola, 82% de acerto nos passes e 6 escanteios. O São Bento obteve 19 finalizações (3 certas), 57% de posse de bola, 85% de acerto nos passes e 2 escanteios. Os números são do site Sofascore.

PARANÁ 2x1 SÃO BENTO
Paraná: Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Jhemerson (Luiz Otávio) e Fernando Neto; João Pedro (Vitinho), Matheus Anjos e Bruno Rodrigues; Jenison (Ramon). Técnico: Matheus Costa
São Bento: Henal; Marcos Martins, Alisson, Gerson e Guilherme Romão; Paulinho e Doriva (Matheus Guarujá); Juliano, Rodolfo e Raphael Martinho (Caio Rangel); Zé Roberto. Técnico: Marcelo Cordeiro
Gols: Zé Roberto (12-1º), Matheus Anjos (18-1º), Eder Sciola (21-1º)
Cartões amarelos: Thiago Rodrigues (P). Gerson (SB).
Público: 8.515 pagantes
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Local: Vila Capanema

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
3 – Escanteio. João Pedro escanteio. Fernando Neto cabeceia perto.
11 – Leandro Almeida divide com Zé Roberto, que cai na área. O árbitro marca pênalti. Lance polêmico.
12 - Gol do São Bento. Zé Roberto bate à esquerda de Thiago Rodrigues, que não alcança.
18 – Gol do Paraná. Fernando Neto para Jhemerson para Matheus Anjos, que chuta de fora da área. A bola desvia na zaga e engana o goleiro.
21 – Gol do Paraná. Matheus Anjos cruza. Jenison domina na área e rola para Sciola, que chuta forte, no canto.
23 – Cruzamento da direita. Zé Roberto mergulha e cabeceia. Thiago Rodrigues segura.
26 – Alisson dá chutão pra frente. A bola bate em Matheus Anjos e vai no canto. Henal espalma para escanteio.
45 – João Pedro chuta forte, de longe. Henal espalma no cantinho.

Segundo tempo
17 – Sciola cruza. Jenison prepara o voleio, mas o zagueiro trava o chute. O Paraná pede pênalti.
18 – Bruno Rodrigues recebe na área e chuta sobre o gol.
21 – Marcos Martins cruza. Fabio Bahia cabeceia. Thiago Rodrigues espalma.
26 – Guilherme Romão passa por dois e chuta do bico da área. A bola passa perto.
28 – Jenison enfia. Bruno Rodrigues parte livre, invade a área e chuta. O goleiro salva.
31 – Vitinho cruza para Ramon, que chuta. O goleiro salva com os pés.
38 – Guilherme Santos tabela com Jhemerson, recebe na área e chuta cruzado. Henal salva com os pés.
43 – Luiz Otávio chuta de fora da área. Henal espalma.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES