Série C

Paraná Clube x Oeste: onde assistir, escalações e total melancolia

O volante Moises Gaúcho: retorno ao time titular do Paraná
O volante Moises Gaúcho: retorno ao time titular do Paraná (Foto: Rodrigo Sanches / Paraná Clube)

O Paraná Clube faz o jogo mais melancólico de sua história neste sábado (25), às 15 horas, diante do Oeste (SP), na Vila Capanema. A partida é válida pela 18ª e última rodada do grupo B da Série C. O time paranaense já está rebaixado à Série D, enfrenta um adversário igualmente rebaixado e vai “fechar” por alguns meses.

A partida será transmitida pela plataforma de streaming Dazn.

Em sua história, desde dezembro de 1989, o time disputou ao menos a terceira divisão nacional. Mas a campanha na atual Série C – 13 pontos em 17 rodadas – fez com que a equipe caísse para a quarta divisão por antecipação. Nunca o Paraná desceu tão baixo em termos de competições nacionais.

O Oeste, com 7 pontos, também já está rebaixado. O resultado deste sábado, seja qual for, não muda a posição deles na tabela. O Paraná vai terminar em 9º lugar entre os 10 times do grupo B e o Oeste, em 10º. Curiosamente, os dois estavam na Série B em 2020 e caíram juntos para a terceira divisão.

PERSPECTIVAS

Depois deste sábado, o Paraná só volta a jogar pelo Campeonato Paranaense, em fevereiro. Serão quatro meses sem jogos. Sem jogos no calendário, a arrecadação normalmente tem queda brusca. O número de sócios tende a reduzir, é mais difícil atrair patrocinadores e não há contrato de transmissão com nenhuma emissora ou streaming.

O cenário também dificulta outra fonte de receita: a venda de jogadores. Com poucas competições importantes, os ‘produtos’ ficam fora das principais ‘vitrines’ do mercado. Sem previsão de receita, o Paraná ainda precisa lidar com uma dívida de R$ 141 milhões, valor divulgado no balanço contábil de 2020. Desse valor, são R$ 55 milhões de dívida cível, R$ 38,6 milhões de dívida trabalhista e R$ 8,9 milhões de dívida fiscal (impostos

ESCALAÇÃO DO PARANÁ

Para este sábado, o técnico Jorge Ferreira não conta com o meia Lucas Sene (lesionado) e o atacante Reis (suspenso pelo terceiro cartão amarelo). Além disso, o meia-atacante Sillas deixou o clube nesta semana – foi a 32ª saída durante a temporada. Por outro lado, podem retornar o zagueiro Luan, o volante Moisés Gaúcho e o lateral-esquerdo Bryan, que cumpriram suspensão na última partida, a derrota de 1 a 0 para o Novorizontino. Sem Sillas, Ferreira deverá escalar Castanha como meia-atacante no esquema 4-2-3-1. Há uma dúvida entre Léo Pettenon e Vinicius Moura como extremo pelo lado direito.

ESCALAÇÃO DO OESTE

Mesmo que vença o Paraná na Vila Capanema, o Oeste vai cravar a pior campanha em toda a Série C. O time paulista pode chegar no máximo a 10 pontos; O Santa Cruz, lanterna do grupo A, tem 11 pontos. Para este sábado, o técnico do Oeste, Sérgio Alexsandro, o Sérgio Lelé, tem uma dúvida entre Marcinho e Tiaguinho no meio-de-campo.

PARANÁ x OESTE
Paraná: Bruno Grassi; Paranhos, Luan, Vinicius Guarapuava e Bryan; Moisés Gaúcho e Kriguer; Vinicius Moura (Léo Pettenon), Castanha e Gustavo França; Ebere. Técnico: Jorge Ferreira
Oeste: Fernando Henrique; Matheus Rocha, Ferreira, Sandoval e Davi; Marcinho (Tiaguinho), De Paula, Bruno Miguel e Kauã Jesus; Kalil e Léo Ceará. Técnico: Sérgio Alexsandro
Árbitro: Luciano da Silva Miranda Filho (CE)
Local: Vila Capanema, em Curitiba, sábado, às 15 horas