Publicidade
Saldo positivo

Paraná cria 9.145 novas vagas de emprego com carteira assinada em janeiro

Indústria de transformação e serviços foram os que mais contribuiram
Indústria de transformação e serviços foram os que mais contribuiram (Foto: Gilson Abreu/ANPr)

O Paraná abriu 9.145 novas vagas no mercado formal de trabalho em janeiro deste ano. Este saldo equivale a 26,6% do total de 34.313 postos de trabalho criados no País. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados ontem pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.
“É mais um indicador positivo da economia paranaense. O Governo do Estado está trabalhando forte para criar um ambiente que favoreça cada vez mais a geração de empregos”, afirma o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

O saldo paranaense é resultado de 104.415 contratações e 95.270 desligamentos no primeiro mês de 2019. Em números absolutos de geração de empregos, o Paraná foi o quinto no ranking nacional, atrás de Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso.

“É o segundo melhor resultado para janeiro desde 2015”, destaca o economista Alexandre Chaves, do Observatório do Trabalho da Secretaria Estadual de Justiça, Família e Trabalho. O melhor desempenho foi verificado em 2018, com 11.637 novas vagas.

Setores
Quatro dos oito setores de atividade econômica tiveram índices positivos no Estado no mês passado. A performance foi alavancada pelos segmentos de serviços (5.497 novos empregos formais), indústria de transformação (4.099) e construção civil (2.595 novos empregos). As ocupações com maiores saldos no Paraná foram: alimentadores de linha de produção (2.002), ajudantes de obras civis (1.255) e escriturários (1.123).

Cidades
Curitiba foi a terceira cidade do País em número de empregos criados em janeiro (3.534), atrás somente de Vacaria (RS), com 5.223, e Dourados (MS), com 4.441. São Paulo abriu 3.434 vagas. Além da capital, as cidades do Estado que mais geraram vagas formais no último mês foram: Maringá (1.227), Cascavel (737), Londrina (659) e Rio Negro (383).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES