Série B

Paraná e Botafogo-SP fazem duelo de times em queda livre

Itaqui
Itaqui (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Geraldo Bubniak)

Paraná Clube e Botafogo-SP se enfrentam nesta terça-feira (dia 27) às 19h15, em Ribeirão Preto (SP), pela 19ª rodada da Série B. O duelo marca o encontro de dois clubes em 'queda livre' na tabela. Ambos estiveram no G4 nas oito primeiras rodadas da competição, antes da pausa para a Copa América, entre junho e julho.

Depois da competição entre seleções, Paraná e Botafogo entraram em declínio e deixaram o topo da tabela. O time paranaense não vence há sete rodadas (quatro derrotas e três empates) e tem apenas um gol marcado nessas sete partidas. Já a equipe paulista somou três vitórias, dois empates e cinco derrotas depois do intervalo entre junho e julho. Marcou dez gols, mas sofreu 17 nesse período. É a defesa mais vazada no período pós-Copa América.

Agora, o Botafogo é o sétimo colocado na tabela da Série B. O Paraná caiu para a 11ª posição na classificação.

SALÁRIOS
A crise no Paraná Clube, porém, é ainda mais complicada. Os jogadores ameaçaram não entrar em regime de concentração na última sexta-feira (dia 23), véspera da partida contra o Criciúma, em protesto contra pagamentos atrasados. Eles reclamam de dois meses sem receber os direitos de imagem.

Nessa segunda-feira, o centroavante Rafael Furtado afirmou que a questão salarial não interfere no desempenho em campo. “Está tudo resolvido com a diretoria. Vai se acertar nos próximos dias. E isso não afeta o grupo. O grupo está focado no que quer, que é o acesso. Passo a passo vamos conquistar os pontos”, disse.

O volante Itaqui também colocou a responsabilidade da crise de resultados nos ombros dos jogadores. “Falo muito para os atletas que temos que resolver a nossa parte em campo. Jogador tem que ter o peso de ir, render e trazer o resultado para o clube dentro de campo”, comentou.

ESCALAÇÃO
O Paraná segue sem contar com o meia Fernando Neto, lesionado. Ele vai ficar mais duas semanas em recuperação. O meia Matheus Anjos sofreu uma lesão na panturilha em 13 de julho e só volta a jogar em novembro. Ele retornou para o clube de origem, o Athletico Paranaense, para concluir o tratamento.

Com isso, é possível que o técnico Matheus Costa repita a escalação utilizada no empate com o Criciúma, no último sábado. Ele vem usando o esquema tático 4-2-3-1. No último jogo, a linha de três teve João Pedro (direita), Alesson (centro) e Bruno Rodrigues (esquerda).

ADVERSÁRIO
Um dos destaques do Botafogo na Série B é o meia Nadson, 30 anos, ex-Paraná Clube. Ele tem dois gols e duas assistências em 15 jogos na competição. Os artilheiros são os atacantes Henan e Rafael Costa, com cinco gols cada. No ranking de desempenho do Sofascore, os três melhores jogadores da equipe paulista são o volante Marlon Freitas (24 anos, ex-Fluminense), o zagueiro Luiz Otávio (26 anos, ex-Chapecoense) e Nadson.

BOTAFOGO-SP x PARANÁ
Botafogo-SP: Darley; Lucas, Leandro Amaro, Leandro Amaro e Pará; Higor Meritão e Marlon Freitas; Murilo Henrique, Nadson e Erick; Henan. Técnico: Hemerson Maria
Paraná: Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Leandro Almeida, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Itaqui; João Pedro, Alesson e Bruno Rodrigues; Rafael Furtado. Técnico: Matheus Costa
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Local: Estádio Santa Cruz, terça-feira às 19h15