Hoje é comemorado o Dia do Índio

Paraná eleva o número de vagas para indígenas nas universidades

Cinco etnias participam do programa Vestibular Ind\u00edgena
Cinco etnias participam do programa Vestibular Ind\u00edgena (Foto: Divulgação/Seed)

O Governo do Estado alcançou a marca de 230 alunos indígenas matriculados nas sete universidades estaduais e na Universidade Federal do Paraná  (UFPR), dentro do Vestibular Indígena, criado em 2002. Neste ano, serão mais 52 vagas abertas, número superior ao último vestibular. Em 2017 foram 42 vagas.  neste ano serão seis vagas para cada uma das sete universidades estaduais e dez vagas na UFPR. Hoje, 19 de abril, é comemorado o Dia do Índio.
A Universidade Estadual de Maringá (UEM) possui 48 alunos indígenas, o maior número entre as instituições de ensino superior do Estado. A Estadual de Londrina (UEL) tem 39, seguida pela universidade do Centro-Oeste (Unicentro) com 31; do Norte Paraná (UENP) com 26; de Ponta Grossa (UEPG), com 21; a do Oeste do Paraná (Unioeste), com 19, e a Estadual do Paraná (Unespar), com seis alunos.
Pela primeira vez, indígenas que estudam na UFPR têm uma semana acadêmica  voltada especificamente para a sua Cultura. A I Semana Acadêmica dos Estudantes Indígenas foi aberta ontem, e termina hoje. Idealizado e organizado por alunos, o evento tem mesas redondas, apresentações e oficinas que destacam o valor da cultura indígena e das políticas afirmativas existentes.
População
De acordo com dados do Censo do IBGE (2010), a população indígena no Paraná é de cerca de 26 mil pessoas. Cerca de 3,8 mil famílias estão inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais e recebem benefícios do Governo do Estado, como Renda Família Paranaense e o Luz Fraterna.