Terceira divisão

Paraná empata com o time de pior campanha da Série C

(Foto: Alex Caus / Oeste FC)

O Paraná Clube voltou a tropeçar na Série C. Na noite desta sexta-feira (23), o time empatou com o Oeste em 1 a 1, em Barueri (SP), que até então tinha a pior campanha entre os 20 participantes. A partida era válida pela 9ª rodada do grupo B da competição.

ATUAÇÕES: Veja quem jogou bem e quem jogou mal no empate do Paraná com o Oeste

Com o resultado, o Paraná foi a 8 pontos e foi para a 8ª posição do grupo, à frente do São José-RS (8 pontos) no saldo de gols. O Oeste até agora não venceu na Série C. Antes de começar a rodada, o time paulista tinha apenas 2 pontos até então e ostentava a pior campanha na competição. Agora, igualou a campanha do Santa Cruz (3 pontos), que está no grupo A. Os dois piores de cada grupo caem para a Série D.

COMANDO

O Paraná havia demitido o técnico Maurílio Silva na terça-feira (20). Coube ao auxiliar Jorge Ferreira comandar a equipe em Barueri. O novo técnico, Sílvio Criciúma, chegou só na quinta-feira (22).

TABELA

O Paraná volta a campo no dia 2 de agosto, uma segunda-feira. O time recebe o Ypiranga na Vila Capanema, pela 10ª rodada do grupo B – ou, no caso, a primeira rodada do returno. A partida marca a estreia do treinador Silvio Criciúma.

ESCALAÇÃO

Jorge Ferreira usou o esquema 4-2-3-1, o mesmo adotado por Maurilio. Havia o retorno do ponta Gustavo França, que estava suspenso na derrota para o Novorizontino. O meia Gabriel Pires, lesionado, deu lugar ao volante Adriano. O ponta Gustavinho ganhou mais uma chance, em lugar de Ebere.

PRIMEIRO TEMPO

Fora de casa, o Paraná criou a primeira chance de gol, aos 3 minutos, com Adriano finalizando para fora. Mas foi do Oeste o primeiro gol, com Kalil, de cabeça, aos 7 minutos. Depois do gol, o time da casa recuou e deu campo, mas o Paraná não conseguia criar jogadas. A produção ofensiva era tão pífia que o Oeste ficou confortável em campo. Os jogadores até tentaram trocar de posição, mas pouco adiantou. Em toda a etapa, o Paraná finalizou apenas quatro vezes (1 no gol), contra seis (2 certas) do Oeste.

SEGUNDO TEMPO

Para a etapa final, o Paraná voltou com Lucas Sene no lugar de Adriano. Ele se posicionou como meia ofensivo no 4-2-3-1. Pelo menos nos dez primeiros minutos, o time conseguiu tocar a bola no campo de ataque. Só não criava chances; não finalizava e insistia em tentar erguer a bola à área de qualquer jeito. Aos 14 minutos, o atacante Sillas substituiu Gustavinho. Aos 17, o time chegou ao empate, com o zagueiro Vinicius Guarapuava, após escanteio cobrado por Gustavo França. Mas depois não criou mais nada. Aos 31, Ebere entrou no lugar de Gustavo França. Aos 39, Ruan entrou e Reis saiu. O time paranaense teve duas chances de virar, mas mandou uma no travessão e parou no goleiro David Rambo (ex-Paraná) na outra. Aos 45, Bruno Grassi salvou uma bola cara a cara com Kalil e preservou o empate do Paraná.

No jogo, o Paraná finalizou nove vezes (3 no gol e uma na trave), contra oito (3 certas) do Oeste.

OESTE 1 x 1 PARANÁ

Oeste: David Rambo; Marcinho, Victor Lisboa, Sandoval (Júnior Alves) e Davi; Alison, Tite (Kauã Jesus), Bruno Miguel (Zeca) e Léo Ceará (De Paula); Luizinho e Kalil. Técnico: Sérgio Alexsandro
Paraná: Bruno Grassi; Alex Murici, Jonathan Costa, Vinicius Guarapuava e Danilo; Moisés Gaúcho e Kriguer; Gustavinho (Sillas), Adriano (Lucas Sene) e Gustavo França (Ebere); Reis (Ruan). Técnico: Maurílio Silva.
Gol: Kalil (7-1º), Vinicius Guarapuava (17-2º)
Cartões amarelos: Marcinho, Reis, Vitor Lisboa
Árbitro: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP), sexta-feira

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

3 – Gustavinho cruza da direita. Reis não domina. Adriano finaliza de dentro da área, mas manda à direita do gol

7 – Gol do Oeste. Leo Ceará cobra escanteio curto. Marcinho cruza da direita. Kalil ganha no alto de Jonathan Costa e cabeceia à direita do goleiro

10 – Adriano toca para Gustavo França, que domina e chuta forte de dentro da área. O goleiro espalma. Gustavinho não aproveita a sobra

23 – Leo Ceará cobra falta e manda por cima do gol

26 – Bruno Miguel aproveita bola rebatida e bate de fora da área, mas por cima do gol

31 – Luisinho cruza. Tite sobe mais que Alex Murici e cabeceia com perigo, mas para fora

35 – Cobrança de falta na direita. Tite rola e Davi bate forte, por cima do gol

39 – Moisés Gaúcho apanha sobra da defesa e chuta de fora da área, por cima do gol

44 – Alex Murici cobra lateral para a área. Kriguer tenta de voleio, mas erra o alvo

46 – Marcinho avança pela direita e bate a gol. Bruno Grassi pega

SEGUNDO TEMPO

2 – Gustavo França recebe de Reis e cruza. Sandoval desvia e quase marca contra. A bola sai em escanteio

17 – Gol do Paraná. Gustavo França cobra escanteio. Vinicius Guarapuava sobe na pequena área e cabeceia para dentro

20 – Alex Murici cruza. Reis desvia pelo alto. A bola bate no chão, sobe e pega no travessão. O árbitro anula o lance, anotando toque de mão do atacante do Paraná

27 – Kauã Jesus avança e bate a gol, de fora da área. Bruno Grassi defende

34 – Ebere toca a bola para a área. Reis gira em cima de Junior Alves e bate forte, mas na rede do lado de fora

37 – Sillas domina na esquerda, puxa para o meio e bate forte. David salta e defende

41 – Kriguer chuta de primeira, de fora da área. A bola explode no travessão. O árbitro marca escanteio. Após a cobrança, Vinicius Guarapuava cabeceia para fora

45 – Luizinho lança. Kalil recebe livre e bate à queima-roupa. Bruno Grassi faz grande defesa