Publicidade
Recuperação

Paraná inicia Série B de 2019 melhor do que no ano do Acesso

Comemoração no Paratiba: com virada heroica no Couto Pereira, elenco paranista salvou a cabeça de Matheus Costa e iniciou possível arrancada na Série B
Comemoração no Paratiba: com virada heroica no Couto Pereira, elenco paranista salvou a cabeça de Matheus Costa e iniciou possível arrancada na Série B (Foto: Valquir Aureliano)

Dia 08 de junho de 2019. Pressionado, o Paraná Clube vai ao Couto Pereira (lotado) jogar o clássico contra o Coritiba, que brigava por uma vitória para alcançar o G4 e também deixar o rival o rival próximo da zona de rebaixamento. O técnico Matheus Costa estava pressionado e havia até mesmo quem falasse em demissão no caso de um tropeço. Afinal, já eram quatro jogos sem vitórias, com dois empates consecutivos sem gols em casa (contra Guarani e Oeste).

Depois de ficar duas vezes atrás do placar, o elenco paranista encontrou forças na segunda etapa para alcançar uma virada histórica e frustrar os mais de 30 mil coxa-brancas que marcaram presença no estádio. Na última rodada, terça-feira passada, mais um duelo regional, desta vez contra o Operário, e mais uma vitória: 1 a 0 na Vila Capanema.

Foi assim, na base da superação (e com a reação de Jenison, que depois de sete jogos sem marcar gols voltou a balançar as redes em duas partidas consecutivas) que o Paraná, em menos de quatro dias, deu a volta por cima na Série B. Uma recuperação, inclusive, que já coloca a equipe de Matheus Costa em melhor condição em relação ao time de 2017, ano em que o Paraná garantiu o acesso à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Na atual temporada, o clube já somou 13 pontos em oito jogos e aparece na sétima colocação, com três vitórias e nove gols marcados (saldo de um gol positivo). Em 2017, a posição a essa altura do campeonato era a mesma (7ª), mas o time havia somado menos pontos: 12, com três vitórias e sete gols marcados (o saldo, contudo, era de + 5 tentos).

A salvo no cargo após momentos de turbulência, Matheus Costa já pensa na montagem do elenco para o restante da temporada. Durante a últma semana indicou que alguns jogadores poderão sair e que contratações serão feitas.

A prioridade, ao que tudo indica, é o ataque, mais especificamente um centroavante, já que o reserva imediato de Jenison, Marlyson, sofreu grave lesão e só volta a jogar em 2020. Por outro lado, o jovem volante Jhonny Lucas, de 19 anos, deve deixar o clube em breve. Após ser especulado em equipes europeias, o garoto, estaque das seleções de base do Brasil, estaria na mira de equipes da Ásia.

COMPARATIVO SÉRIE B – HISTÓRICO NA 8ª RODADA

PARANÁ

2019
Pontos: 13
Posição: 7º
Vitórias: 3
Gols pró: 9
Saldo de gols: + 1

2017
Pontos: 12
Posição: 7º
Vitórias: 3
Gols pró: 7
Saldo de gols: + 5

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES