Publicidade

Paraná massacra na Vila Capanema e retoma lugar no G4

Jogando na Vila Capanema com a casa cheia (novamente), o Paraná não deu qualquer chance para a zebra e goleou neste sábado (31) o Guaratinguetá por 4 a 0, gols de Fernando Gabriel, Kayke, Cambará e JJ Morales.

Com o resultado, a equipe paranaense sobe para a terceira colocação na Série B. A partida também foi a última do Paraná com a sua torcida, a Fúria Independente, como patrocinador máster. Curiosamente, a última derrota do tricolor na Vila Capanema foi no dia 30 de outubro de 2012, quando foi derrotado pelo ABC por 2 a 1. Na ocasião, a equipe era treinada por Toninho Cecílio, hoje no Guaratinguetá, que está na 16ª colocação na Série B, com apenas 18 pontos em 18 jogos.
 
O Jogo

Com os desfalques  de Ricardo Conceição, Lucio Flavio e Reinaldo, Dado Cavalcanti optou pelas entradas de Cambará, Fernando Gabriel e Kayke. Jogando com duas linhas de quatro, com Fernando Gabriel aberto pela direita e Felipe Amorim caindo pela esquerda, o Paraná começou a partida pressionando demais a saída de bola do Guaratinguetá.

E a pressão paranista, comum no começo das partidas na Vila Capanema, logo deu resultado e transformou a partida num massacre, com destaque para a participação dos substitutos. No 1º gol, logo aos quatro minutos, Kayke sofreu falta na entrada da área e, na cobrança, Fernando Gabriel marcou. Seis minutos depois, Cambará tocou para Edson Sitta, que cruzou para Kayke, com um toque de mão, ampliar o marcador.

Com a vantagem no placar, o Paraná tirou o pé do acelerador e passou a segurar mais a bola. A equipe paranaense chegou a ter mais de 60% da posse de bola. No 1º tempo, foram 14 chutes a gol dos donos da casa contra apenas três dos visitantes.

Apesar da vitória parcial, Dado Cavalcanti reclamou do relaxamento da equipe no final da 1ª etapa e exigiu uma intensidade maior do seu time para os 45 minutos finais. E o Paraná escutou a reclamação de seu comandante. Nos primeiros 15 minutos do 2º tempo, foram quatro boas chances em contra-ataques, com o goleiro Saulo se destacando.

Mas como diz o ditado: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Aos 25 minutos, Cambará acertou um belo chute da entrada da área, sem defesa para o goleiro Saulo. Sete minutos depois, foi a vez de JJ Morales, um minuto após entrar em campo, marcar o dele, de cabeça, e definir a tranquila vitória paranista.

PARANÁ 4 x 0 GUARATINGUETÁ
Paraná: Luis Carlos; Moacir, Brinner, Anderson e Paulinho; Edson Sitta, Cambará e Fernando Gabriel (Wellington); Felipe Amorim, Paulo Sérgio (J.J. Morales) e Kayke. Técnico: Dado Cavalcanti
Guaratinguetá: Saulo; Murilo, Pedro Paulo, Marquinhos e Renato Peixe; Júlio César, Fransérgio, Wagner Libano (Alex Afonso) e Allan Dias; Thiago Silvy e Davi Ceará (Juninho). Técnico: Toninho Cecílio
Gols: Fernando Gabriel (5-1º), Kayke (10-1º), Cambará (25-2º) e JJ Morales (32-2º)
Cartões Amarelos: Fransérgio, Júlio César, Pedro Paulo e Renato Peixe (G), Edson Sitta e Anderson (P)

Árbitro: Edmundo Alves do Nascimento (SC)
Público:  12.156 (total)
Renda: 
R$ 145.057,00
Local: Vila Capanema, sábado às 16h20

Principais Lances:

Primeiro Tempo:

5’ Gol do Paraná! Na cobrança de falta, Fernando Gabriel acerta o canto direito de Saulo, que nada pôde fazer.

8’ Paraná troca passes pelo alto, até ela chegar em Felipe Amorim, dentro da área. O atacante se posiciona para a finalização, mas Pedro Paulo aparece na hora H para salvar.

10’ Gol do Paraná! Edson Sitta cria boa jogada pela esquerda e cruza no segundo pau para Kayke, com o peito e a mão, desviar. Saulo chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol.

26’ Moacir cruza para Paulo Sérgio, que ganha do marcador pelo alto e cabeceia buscando o canto direito de Saulo. A bola passa raspando a trave.

33’ Edson Sitta chega a linha de fundo e rola para Paulo Sérgio, que toca para Felipe Amorim, dentro da área, chutar. A bola vai por cima do gol.

34’ Primeira chegada do Guaratinguetá! Renato Peixe aparece livre na esquerda, invade a área e chuta forte. A defesa paranista chega de carrinho para afastar o perigo.

42’ Dentro da área, Thiago Silvy mata no peito e tenta de bicicleta. Luis Carlos segura firme.

Segundo Tempo:


6’ No contra-ataque, o Paraná chega com Felipe Amorim, que chuta da entrada da área. Saulo defende e, no rebote, o atacante tenta de novo, mas Saulo evita novamente.

13’ Moacir tira de dois marcadores e bate de chapa, da entrada da área. Saulo salta e espalma, fazendo uma grande defesa.

18’ Paulo Sérgio recebe perto da pequena área, gira em cima do marcador e chuta. Saulo faz mais uma grande defesa.

25’ Gol do Paraná! Cambará carrega desde o meio de campo até chegar na meia lua para arriscar o chute. A bola vai no canto direito do gol de Saulo, sem defesa.

32’ Gol do Paraná! Moacir cruza para J.J. Morales, de peixinho, marcar o dele.

36’ Roniery toca para Moacir, descendo pela direita, livre, chutar forte. A bola passa por cima.

39’ Cambará aproveita sobra de bola na entrada da área e chuta. A bola passa pelo goleiro Saulo, mas a defesa do Guaratinguetá tira ela em cima da linha.


Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES