‘Aedes aegypti’

Paraná passa dos 100 mil casos de dengue no ano

Ano epimdemiológico está chegando ao fim com números mais altos
Ano epimdemiológico está chegando ao fim com números mais altos (Foto: Daniel Castellano/SMCS)

O boletim semanal da dengue, publicado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde, confirma mais oito mortes em decorrência da doença, aumentando para 59 o número total de óbitos no Paraná. Os dados são do 43º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.

As pessoas que faleceram tinham entre 61 e 91 anos. Eram sete homens e uma mulher. Elas residiam em Medianeira (2), Cascavel (2), Maringá (1), Assis Chateaubriand (1), Formosa do Oeste (1) e Toledo (1). Os óbitos ocorreram entre 24 de abril e 2 de junho de 2022.

O informe registra 104.592 confirmações de casos no Paraná. São 7.636 a mais em comparação com a semana passada. Além disso, são 221.710 notificações e 352 municípios já tiveram casos confirmados, cerca de 88% dos municípios paranaenses.

Além dos casos de dengue, foram registrados mais dois casos de febre chikungunya, somando 21 (seis autóctones e 15 importados). Durante este período não houve registro de casos de zika.

Boletins Covid-19

Dia 21/06

Curitiba
Novos casos 995
Mortes 4
Total
Casos 482.328
Mortes 8.343

Paraná
Novos casos 3.977
Mortes 25
Total
Casos 2.581.762
Mortes 43.308

Brasil
Novos casos 64.362
Mortes 229
Total
Casos 31.818.827
Mortes 669.390