Publicidade
Anatel

Paraná perde 520 mil linhas móveis de telefonia em um ano

(Foto: Divulgação)

O Brasil registou 234,37 milhões de linhas móveis em operação no mês de agosto de 2018, queda de 7,80 milhões em 12 meses (-3,22%). Na comparação entre agosto de 2018 e julho de 2018, a redução foi de 383 mil (-0,16%). Em um ano, o Paraná teve queda de 520.806 linhas móveis, passando de 13.580.193 em agosto de 2017 para 13.059.987 em agosto de 2018, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). 

As linhas móveis pós-pagas são 94,98 milhões em agosto de 2018, crescimento de 11,30 milhões (+13,50%). E as pré-pagas são 139,39 milhões, redução de 19,10 milhões (-12,05%). De cada 100 linhas móveis no país, 59 são pré-pagas e 41 pós-pagas.
Grupos
Os quatro principais grupos da telefonia móvel no país detêm 228,77 milhões de linhas em operação (97,61% do mercado). São eles, Vivo, com 74,96 milhões de linhas móveis (31,98%), Claro, com 58,80 milhões (25,09%), TIM, com 56,17 milhões (23,97%), e Oi com 38,84 milhões (16,57%). As pequenas prestadoras da telefonia móvel juntas somam 5,60 milhões de linhas (2,39%).

Com exceção da Vivo que apresentou crescimento, mais 386 mil linhas móveis (+0,52%) em 12 meses, as outras grandes prestadoras nacionais apresentaram redução: Claro, menos 1,66 milhão (-2,75%), TIM, menos 4,18 milhões (-6,93%), e Oi, menos 3,18 milhões (-7,57%).  As pequenas prestadoras apresentaram crescimento total de 838 mil linhas (+17,62%).
Tecnologias
As linhas de 4G totalizam 122,65 milhões de unidades (52,33% do mercado) em agosto de 2018, seguidas pela de 3G, 67,61 milhões (28,85%), 2G, 26,49 milhões (11,30%). As linhas móveis voltadas para aplicações máquina-máquina (M2M) são 17,62 milhões (7,52%).
A tecnologia 4G continua com o maior crescimento em 12 meses, mais 34,14 milhões (+38,58%), seguida das linhas M2M, mais 3,40 milhões (+23,89%). A maior redução ocorreu nas linhas 3G, menos 34,29 milhões (-33,65%) e as de 2G perderam 11,05 milhões (-29,44%).
Estados e Distrito Federal

Na comparação entre agosto de 2018 e agosto de 2017, os únicos estados que apresentaram crescimento no número de linhas móveis foram Roraima, mais 35 mil (+7,23%), Amazonas, mais 174 mil (+5,08%), Amapá, mais 32 mil (+4,49%) e Espírito Santo, mais 57 mil (+1,51%).
Os números da telefonia móvel estão disponíveis no Portal da Agência Nacional de Telecomunicações. Destacamos que os dados encaminhados pelas empresas Algar Telecom e Sercomtel referentes ao mês de agosto de 2018 apresentaram inconsistências a partir de análises da Anatel. Assim, se optou por repetir as quantidades de acessos do mês anterior.
 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES