Jogou como nunca, mas...

Paraná perde, afunda na zona de rebaixamento e ressuscita o Sampaio Corrêa

(Foto: Divulgação/ Sampaio Corrêa/ Lucas Almeida)

Parecia a oportunidade perfeita para uma recuperação. Depois de vencer bem o CSA na última rodada, o Paraná Clube enfrentaria o Sampaio Corrêa, que vinha em péssimo momento, há oito jogos sem vencer e com seis derrotas consecutivas. Mas o tricolor paranaense, que desesperadamente briga contra o rebaixamento para a Série C, conseguiu se complicar. Jogando no Castelão, em São Luís, a equipe comandada por Márcio Coelho até jogou melhor, teve mais posse de bola, criou mais chances de gol. Mas em bola na rede, que é o que importa, ficou em desvantagem e acabou perdendo por 2 a 1. Jackson e Marcinho fizeram os gols para o time da casa, um em cada tempo, enquanto Bruno Lopes descontou para os visitantes na etapa final.

Restando apenas três rodadas para o final da Série B, o Paraná Clube ocupa a 18ª colocação, com 36 pontos. São três pontos a menos em relação ao Náutico (16º) e ao Figueirense (15º), primeiros times fora da zona de rebaixamento. Já o Sampaio salta para a sétima colocação, com 48 pontos, quatro a menos que o CSA, quarto colocado.

Nas próximas rodadas, o tricolor paranaense encara o Cuiabá (casa), o Oeste (fora) e o Cruzeiro (casa). Já a Bolívia Querida mede forças com Confiança (fora), Cuiabá (fora) e Oeste (casa).

ESCALAÇÃO

O técnico Márcio Coelho segue sem contar com o ponta Andrew, lesionado. Outra baixa é o ponta Andrey, vendido ao Khor Fakkan. De toda forma, a única mudança na equipe titular foi a entrada do volante Gabriel Kazu no lugar de Renan Bressan, que ficou no banco de reservas.

O JOGO

Durante todo o primeiro tempo o Paraná, mesmo jogando fora de casa, foi melhor que o Sampaio Corrêa. A equipe paranaense teve mais posse de bola (55%), trocou mais passes (242 contra 210), finalizou mais a gol (dez chutes contra três do adversário) e teve mais escanteios (3 contra zero).

Mas o placar parcial apontou vitória da Bolívia Querida, que abriu o placar aos 15 minutos, em boa jogada de Eloir (que havia entrado três minutos antes no lugar de Marlon) que terminou com um “gol de centroavante” de Jackson.

Na volta para o segundo tempo, a segunda alteração no time maranhense, com Diego Tavares no lugar de Pimentinha. No Paraná, as primeiras alterações vieram aos 17 minutos, com Renan Bressan e Juninho nas vagas de Higor Meritão e Gabriel Kazu.

Logo em seguida às substituições, contudo, um erro na saída de bola custou caro: Gabriel Pires se atrapalhou com a bola e foi desarmado por Marcinho. Com o goleiro adiantado, o jogador da Bolívia Querido bateu por cobertura e fez o 2 a 0.

A reação, contudo, foi imediata e no minuto seguinte Bruno Lopes usou a cabeça para descontar o placar e devolver a esperança aos paranistas.

Aos 29 minutos, mais uma mudança em cada lado, com Léo Costa substituindo Vinicius Kiss no time da casa e Salazar no lugar de Fabrício no time visitante. Sete minutos depois, as últimas alterações nos dois times, com Dione e Paulo Sérgio nas vagas de Marcinho e Luís Gustavo no Sampaio e Bruno Gomes e Guilherme Biteco substituindo Bruno Lopes e Gabriel Pires no Paraná.

O time paranista se lançou então desesperadamente ao ataque, na busca por pelo menos um ponto. Até os zagueiros (primeiro o Salazar, mais tarde o Rafael Lima) viraram atacantes, mas não deu.

FICHA TÉCNICA

Sampaio Corrêa 2 x 1 Paraná Clube

Sampaio Corrêa: Gustavo; Luís Gustavo (Paulo Sérgio), Joécio, Daniel Felipe e Marlon (Eloir); André Luís, Vinícius Kiss (Léo Costa) e Marcinho (Dione); Roney, Pimentinha (Diego Tavares) e Jackson. Técnico: Léo Condé
Paraná Clube: Renan; Paulo Henrique, Rafael Lima, Fabrício (Salazar) e Jean Victor; Karl, Higor Meritão (Renan Bressan) e Kazu (Juninho); Gabriel Pires (Guilherme Biteco), Thiago Alves e Bruno Lopes (Bruno Gomes). Técnico: Márcio Coelho
Gols: Jackson (15-1º), Marcinho (19-2º), Bruno Lopes (20-2º)
Cartões amarelos: Luis Gustavo, Eloir, Marcinho, André Luis (S); Paulo Henrique, Fabrício, Thiago Alves, Guilherme Biteco e Karl (P)
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)
Local: Castelão, em São Luís (MA), sexta-feira às 19h15

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

11 – Thiago Alves pedala na entrada da área, passa por um marcador e toca para Bruno Lopes. O atacante ajeita e chuta mascado, para fora.

15 - Gol do Sampaio! Eloir avança pela esquerda até próximo da linha de fundo e cruza rasteiro para Jackson, livre na entrada da pequena área, só empurrar pro fundo do gol.

22 - Cruzamento de Karl, Bruno Lopes cabeceia e o goleiro Gustavo defende. No rebote, Thiago Alves toca para Higor Meritão, que chuta em cima da zaga. Escanteio.

23 – Cobrança de escanteio do Paraná pela esquerda, Fabrício sobe bem na primeira trave e cabeceia. Por cima do gol

25 - Thiago Alves limpa a marcação na intermediária e chuta muito forte. A bola passa por cima do gol, com perigo.

27 - Gabriel Pires chuta de longe. A defesa parecia tranquila, mas o goleiro Gustavo teve de espalmar.

29 - Boa triangulação do Paraná na intermediária. Higor Meritão fica com a bola na entrada da área e chuta forte, colocado. Por cima do gol.

SEGUNDO TEMPO

11 – Cobrança de falta da entrada da área. Fabrício bate bem, no canto, e Gustavo se estica todo para espalmar.

19 - Gol do Sampaio! Gabriel Pires fica com a bola na intermediária do campo defensivo, se atrapalha e perde para Marcinho. O jogador do Sampaio chuta de longe e encobre o goleiro Renan, que nada pôde fazer.

20 – Gol do Paraná! Cobrança de falta de Karl, Bruno Lopes aparece bem na área, no meio da zaga, e cabeceia para o fundo do gol.

28 – Diego Tavares recebe perto da área, pela direita do ataque, e chuta muito forte, por cima do gol.