Esporte

Paraná recebe o atacante Carlos do Atlético-MG até o fim do ano

VICTOR MARTINS

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O retorno de Carlos ao Atlético-MG após ficar um ano emprestado ao Internacional foi muito breve. O clube mineiro informou nesta terça-feira que o atacante foi liberado para viajar até Curitiba, para concluir a transferência por empréstimo para o Paraná Clube. Caso o jogador seja aprovado nos exames médicos, a negociação será confirmada. O prazo do empréstimo é até o final do Campeonato Brasileiro.

Carlos retornou ao Atlético por desejo do técnico Oswaldo de Oliveira, para ter uma opção para substituir Ricardo Oliveira. No entanto, o centroavante foi pouco aproveitado. Foram somente quatro partidas em 2018, sendo duas delas como titular e outras duas entrando nos minutos finais. Carlos não fez nenhum gol na temporada.

Sem muito espaço, o Atlético optou pelo empréstimo do atacante, que até pouco tempo atrás era tratado como uma grande revelação. Titular na conquista da Copa do Brasil de 2014, Carlos chegou a receber sondagens de clubes europeus.

Além do Paraná, o Coritiba também demonstrou interesse em contar com o atacante atleticano. Porém, o fato de poder jogar a Série A do Brasileiro e de trabalhar novamente com Rogério Micale, que foi seu técnico na base do Atlético, pesaram na escolha de Carlos.

O vínculo de Carlos com o Atlético vai até setembro do ano que vem. Se nas categorias de base o atacante marcou mais de 100 gols, na equipe profissional os números são bem mais modestos. Foram 21 gols em 108 partidas. O centroavante conquistou dois títulos, a Copa do Brasil de 2014 e o Campeonato Mineiro do ano seguinte.