Publicidade
Para todos os gostos

Não é só no Rio de Janeiro; Paraná também tem seus 'Cristos' famosos

Cristo Redentor de Francisco Beltrão
Cristo Redentor de Francisco Beltrão (Foto: Divulgação)

O Rio de Janeiro tem o Cristo Redentor, um dos seus cartões postais. Com as suas devidas proporções, algumas cidades do Paraná também tem suas estátuas de Cristo que, assim como no Rio, atraem turistas e são cercadas de histórias. O Turismo Bem Paraná separou as oito mais estátuas de Jesus Cristo mais famosas espalhadas pelo Estado. 

Pouca gente sabe, por exemplo, que a estátua de Cristo de União da Vitória é a segunda maior do Brasil, com 27 metros, perdendo somente para a prima “famosa” carioca. O Paraná também abriga a maior estátua sacra de bronze da América Latina em Cornélio Procópio. E também tem Cristo rejeitado pela população. Isso mesmo. O chamado Cristo Libertador está hoje em Ibiporã, mas foi rejeitado por igrejas de outras cidades por ter sido considerado imoral.
Veja todas as histórias.



O polêmico “Cristo Libertador” de Ibiporã

O “Cristo Libertador”, que mede 4,5m e pesa 380 kg, é certamente a estátua mais polêmica do Paraná. Ela está em Ibiporã desde 2014, mas a história dela é longa. A escultura feita de aço e latão tornou-se famosa pela polêmica que gerou, por retratar o Cristo desnudo, coberto por uma pomba que representa o Espírito Santo e finalizada com um sol atrás de Jesus, representado Deus Pai. O Cristo foi feita em Ibiporã pelo artista Henrique de Aragão, originalmente para compor o altar da Igreja Matriz de Colorado, na região de Maringá, e entregue em 1976., mas os fieis acharam a estátua imoral e ela foi enviada à Londrina e também não foi aceita pelas igrejas. Depois, na década de 90, ficou exposto na rotatória do CCH, na UEL, em Londrina, mas como foi retirado e estava esquecido em um barracão da universidade A Fundação Cultural de Ibiporã e o artista decidiram pedi-lo de volta, em 2012, e o trouxeram para Ibiporã, onde precisou ser restaurado para poder ser exposto novamente.


Em Guaratuba, morro do Brejatuba virou morro do Cristo

A popular estátua do Morro do Cristo, em Guaratuba, é fruto de uma doação feita por Josefa do Amaral em 1953. A viúva do vice-presidente do Estado do Paraná, João Cândido Ferreira, doou a estátua do Cristo Redentor ao município. Posteriormente, o Morro do Brejatuba , local onde foi colocada a estátua, ficou conhecido como Morro do Cristo e tornou-se o lugar mais visitado de Guaratuba. imagem foi confeccionada por João Fedao e seu filho Iswaldo. Para facilitar o transporte até o alto do morro, a estátua foi produzida em dez partes.
No dia 23 de junho de 1953, foi realizada a festa de inauguração da imagem do Cristo no Morro Brejatuba.


Cristo de Santo da Antonio da Platina fica no Morro Bim

Cidade centenária, hospitaleira, está localizada na região do Norte Pioneiro, a 363 km de Curitiba, ao lado de Jacarezinho, Guapirama e Barra do Jacaré. Santo Antonio da Platina é encontrado nos mapas desde 1896. Imigrantes que chegaram de Minas Gerais foram os fundadores de Santo Antônio da Platina O Morro do Bim é, certamente, um dos locais públicos mais visitados em Santo Antônio da Platina, oferecendo uma visão ampla da Cidade. É um ponto religioso e turístico, onde estão o Cruzeiro e a imagem do Cristo. Os cristãos procuram subir, principalmente a pé, meditando, fazendo orações e, se tratando do catolicismo, acontece a celebração de missa na Páscoa e procissão penitencial na Sexta-Feira Santa, entre outras programações.


Estátua de União da Vitória é a segunda maior do Brasil

Erguida em homenagem ao padroeiro de União da Vitória, a estátua é a segunda maior imagem de Jesus Cristo no Brasil e perde apenas para a do Rio de Janeiro. Com 27 metros de altura, fixado sobre um pedestal de seis metros, o monumento abriga uma capela. Para chegar até ela, é preciso subir 219 degraus. Está localizada em um dos pontos mais altos da cidade – o Morro da Cruz -, oferecendo uma visão privilegiada dos municípios de União da Vitória (PR) e Porto União (SC).


Cristo Redentor de Francisco Beltrão

A estátua é o principal atrativo religioso da cidade e recebe grande número de visitantes anualmente, mas é na semana santa, que os peregrinos de toda a região, sobem o Morro do Calvário. O morro já era local defé desde a Gruta Nossa Senhora de Lourdes finaugurada em 19/01/1961. Em 1990, o então prefeito Nelson Meurer, comprou uma estátua do Cristo Redentor, diretamente da fábrica em Campinas, interior de São Paulo. Em 17 de abril de 1992, a estátua do Cristo Redentor foi inaugurada após missa solene, presidida pelos padres Natalício Weschenfelder e Afonso de Nijs, na capela do pedestal, na presença de autoridades políticas e da comunidade. Localizado no Bairro da Cango, local onde os devotos fazem suas peregrinações. Do alto do morro tem-se uma das mais belas vistas da cidade.


Jesus de Santa Helena tem 12 metros

A obra da estátua de Jesus Cristo de Santa Helena foi iniciada em 1999, no mandato do prefeito Silom Schimt, com previsão para ser inaugurada no ano de 2000 quando a cidade completaria 33 anos, a idade de Cristo; mas devido a inúmeros atrasos de ordem de planejamento, sua inauguração foi em 31 de dezembro de 2004, no último dia de mandato do então prefeito. O local possui capela para as orações e uma réplica de 1 metro de altura no seu interior. A estátua tem 12 metros de altura. É a maior estátua de bronze da América Latina. Conta com rampa, para auxiliar a subida dos visitantes e fiéis. A vista é admirável, já que Santa Helena fica em um local alto.


A pequena Nova Itacolomi também tem sua estátua

Nova Itacolomi é uma pequena cidade a 79 quilômetros de Londrina. Com apenas 2800 habitantes, foi criada quando avanço da cafeicultura e da ferrovia, nas primeiras décadas do século XX, marcaram a ocupação da região Norte do Paraná. Mas tem uma estátua de Jesus Cristo que em atrai turistas. A estátua, com oito metros, é a segunda, porque foi substituída por uma nova em 2011. Fica no morro que possui seu acesso na BR-376 (vulgo Rodovia do Milho), bem próximo a saída da cidade de Novo Itacolomi-Borrazópolis.


Em Cornélio Procópio, a maior estátua sacra de bronze da América Latina

A cidade de Cornélio Procópio abriga a maior estátua sacra de bronze da América Latina, com 14,9 metros de altura e 3 toneladas. A contrução do Monumento iniciou-se em 1957 e terminou em 1958, na Gestão do Prefeito Dr. Reinaldo Carazzai, sendo escultor o Sr. Arlindo Castelani de Carli (SP). A vista é muito bonita e fica no Alto da Avenida XV de Novembro bem no centro da cidade.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES