Conteúdo Sustentável

Paraná vai investir R$4,5 milhões em segurança hídrica

O Paraná vai investir de R$ 4,5 milhões em medidas voltadas à segurança hídrica - manutenção da quantidade e qualidade da água. Os investimentos foram aprovados pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos e serão direcionados para a elaboração de um Plano Estadual de Segurança Hídrica, documento que reunirá políticas públicas e medidas estratégicas para que a água não falte no futuro. Também serão aplicados recursos na elaboração de planos de bacias hidrográficas - diagnóstico que contém programas, ações e valores que deverão ser aplicados na área de abrangência da bacia hidrográfica. Outra ferramenta importante para a proteção das águas e que receberá R$3 milhões é a compensação financeira de agricultores que preservam nascentes e áreas de mananciais de abastecimento, o chamado Pagamento por Serviços Ambientais (PSA).

Chega ao Brasil lavagem de carro que gasta apenas 1 litro de água
Um modelo australiano de lavagem automotiva que utiliza apenas um litro de água para lavar cada veículo acaba de chegar no Brasil. O empresário Ivan Amorim, fundador da Kiip, nome dado a franquia, conta que apesar dos baixos gastos o sistema não é um tipo de lavagem a seco. O processo é muito simples. Com uma máquina semelhante às de lavagem de alta pressão, a limpeza do carro é feita em apenas 28 minutos. O equipamento libera um fluido especial responsável pela higienização. Depois de passar o líquido sobre a lataria é preciso apenas secar com um pano. O empresário garante que o processo, mesmo usando pouquíssima água, não risca ou arranha o veículo.

Inventário florestal
Está prevista para o final de 2015 a entrega do inventário florestal do Paraná. O estudo, coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente em parceria com o Serviço Florestal Brasileiro, está analisando 550 pontos e uma área total de 4.352.000 metros quadrados de florestas. Os números apontarão a quantidade de espécies nativas e novas espécies, a qualidade destas espécies, possíveis ameaças de extinção, adequação de políticas públicas e ações de fiscalização necessárias para prevenir a biopirataria. Paraná é o segundo estado a dar início a produção do inventário, logo após Santa Catarina. Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente, o Brasil possui 60% do seu território coberto por florestas e a meta é concluir todos inventários estaduais até 2019.

Trabalho de campo
Na primeira das três fases do inventário foram coletados dados de 151 unidades que somam 1,216 milhão metros quadrados de florestas das regiões Centro Sul, Centro Ocidental e Sudoeste do Paraná. A segunda fase do inventário já foi contratada e o trabalho de campo, que começa em janeiro de 2015, analisará 237 pontos nas regiões Noroeste, Norte Central, Norte Pioneiro e Oeste do Paraná. Já na terceira fase do inventário, onde serão analisados outros 161 pontos, o levantamento será realizado nas regiões Sudeste, Centro Oriental e Região Metropolitana de Curitiba.

Foz do Iguaçu recebe primeiro ônibus abastecido com dejetos de aves
O primeiro ônibus movido a biometano da história da indústria de veículos comerciais começou a circular recentemente, em Foz do Iguaçu. A iniciativa é fruto de parceria da fabricante sueca Scania com a Itaipu Binacional, o Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás-ER), a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) e a Granja Haacke, de Santa Helena, responsável pelo fornecimento do biometano. Produzido a partir de dejetos de aves poedeiras, o gás é filtrado e envasado, antes de ser transportado para Foz do Iguaçu, primeira cidade onde o ônibus foi utilizado em demonstração. Fabricado na Suécia, o veículo é considerado um dos mais modernos do transporte público do mundo, com motor dedicado ao uso tanto do com gás natural veicular (GNV) quanto do biometano como combustível. Ele emite 70% menos poluentes que um similar a diesel. Depois de Itaipu, onde fez o transporte de funcionários e estudantes de 31 de outubro a 26 de novembro abastecido apenas com biometano, o ônibus seguirá para os estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro para mostrar a aplicação da tecnologia tanto em rotas urbanas, quanto em fretamento e transporte intermunicipal.

Mata dos Godoy completa 25 anos
O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) promoveu um evento em comemoração pelos 25 anos do Parque Estadual Mata dos Godoy, em Londrina. A Unidade de Conservação preserva mais de 690 hectares de um dos últimos remanescentes de Floresta Subtropical do Estado. Os visitantes podem realizar três trilhas para conhecer melhor o bioma - Trilha do Projeto Madeira, Trilha Interpretativa ou das Perobas e Figueiras e a Trilha Álvaro Godoy ou dos Catetos. Além de promover lazer em contato com a natureza na região, a Mata dos Godoy também é um laboratório para pesquisas científicas e promove a educação ambiental de alunos da região através do Programa Parque Escola.