Publicidade
ATP

Paranaense chega a final no tênis e supera marca de Gustavo Kuerten

Thiago Wild
Thiago Wild (Foto: Reprodução/Instagram.com/@thiagoswild)

Thiago Wild conseguiu neste sábado o melhor resultado de sua ainda curta carreira. O paranaense de 19 anos derrotou o argentino Renzo Olivo por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, e se classificou para a decisão do ATP de Santiago, no Chile. É a primeira vez que Thiago chega à final de um evento da elite do tênis.

Neste domingo, o paranaense de Marechal Cândido Rondon vai enfrentar na decisão o norueguês Casper Rudd, 38.º colocado do ranking mundial, que recentemente conquistou o título do ATP de Buenos Aires - o primeiro de sua carreira. Os dois jamais se enfrentaram. Ruud eliminou na outra semifinal o espanhol Albert Ramos-Vinolas por 2 a 0 (7/6 e 6/2).

Ainda que perca para Ruud, Thiago Wild já fez história em Santiago: ele é o brasileiro mais jovem a chegar a uma decisão de torneio da ATP, superando Gustavo Kuerten, que tinha 20 anos em sua primeira final. Caso seja campeão, ele vai aparecer na segunda-feira na 113.ª colocação do ranking mundial - se perder, será o 131.º.

A final em Santiago será a primeira de um brasileiro no circuito da ATP desde abril de 2017, quando Thomaz Bellucci chegou à decisão em Houston, nos Estados Unidos - ele perdeu para o americano Steve Johnson. O último título também foi de Bellucci, o do ATP de Genebra, na Suíça, em 2015.

Apesar de jovem, Thiago, 182.º colocado do ranking da ATP, entrou em quadra neste sábado com a vantagem de ter uma posição melhor do que a de Olivo, o 297.º. Saído do torneio qualificatório, o argentino fez uma campanha surpreendente no Chile, mas não foi capaz de fazer frente ao brasileiro.

No primeiro set, Thiago foi irrepreensível e não deu a menor chance ao adversário, que só conseguiu um game. Olivo subiu seu nível na segunda parcial e a partida ficou mais equilibrada, mas o sétimo game se mostrou decisivo: o brasileiro quebrou o saque do argentino e o desestabilizou, tanto que voltou a quebrar o serviço do rival para fechar em 6/3.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES