Publicidade
Expectativa

Paranaense deve gastar em média R$ 90,00 com o presente do Dia dos Pais

As vendas para o Dia dos Pais neste ano devem crescer 4% no Paraná, em comparação ao mesmo período do ano anterior. A estimativa é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC-Curitiba), cuja representação na capital paranaense é realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), e foi calculada com base nas consultas feitas ao banco de dados para compras em cheque e crediário.

Segundo o gestor presidente do CDL Curitiba, André Luiz Pellizzaro, a data é importante para o comércio paranaense da mesma forma que o Dia dos Namorados e o Dia das Crianças, onde o ato de presentear é uma homenagem e não tem o compromisso de grandes gastos, não tendo o mesmo apelo que o Natal e o Dia das Mães.

Esta previsão é o resultado dos baixos níveis em que se apresentam os índices de confiança do consumidor e, em especial, a alta de juros – fato que inibe o consumo –, e da inflação, que diminui a renda do consumidor, avalia Pellizzaro. Ainda de acordo com a estimativa, o ticket médio para a data ficará em torno dos R$ 90 e os itens mais procurados devem ser roupas, calçados e perfumes.

Análise do cenário – Ainda de acordo com Pellizzaro, um ponto que tem ajudado a manter a economia é o emprego que, segundo os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, apesar da queda, ainda está se mostrando positivo tanto em Curitiba quanto no Paraná.

 

 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES