Publicidade
Rio

Paraolimpíada já tem 1,6 milhão de ingressos vendidos

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - As vendas de ingressos para eventos dos Jogos Paraolímpicos, que começam na próxima quarta-feira (7) e vão até o dia 18, quintuplicaram desde o encerramento da da Olimpíada, em 21 de agosto. Segundo a organização do evento, já foram vendidos 1,6 milhão de ingressos até o momento. Foram colocados à venda 2,5 milhões de entradas. Até o dia 21, data do encerramento da Olimpíada, apenas 300 mil ingressos tinham sido vendidos, o que causou apreensão na organização. Na época, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou que o Parque Olímpico da Barra da Tijuca, onde ocorrem a maior parte das competições, seria aberto ao público, mesmo para aqueles sem ingresso para uma competição específica. Na Olimpíada, apenas portadores de ingressos tinham acesso ao local. Ao que tudo indica, o esforço para turbinar o interesse pelos jogos surtiu algum efeito. No dia 20 de agosto, um sábado, por exemplo, quando ainda ocorriam os Jogos Olímpicos, somente 16 mil ingressos para a competição paraolímpica foram vendidos. No dia seguinte, um domingo, as vendas diárias saltaram para 50 mil, segundo a organização. Na segunda, 21 de agosto, 100 mil ingressos foram vendidos. As vendas subiram nos dias seguintes até atingirem, na quarta-feira (24), 145 mil bilhetes vendidos, um recorde até para os padrões olímpicos, segundo a Rio-216, que organiza o evento. A marca de um milhão foi atingida no último dia 29. Nesta terça (6), está em 1,6 milhão. Os ingressos variam de R$ 10 a R$ 130. Eles podem ser comprados no site da Rio-2016. Maiores de 60 anos, estudantes e deficientes têm direito à meia entrada. CERIMÔNIAS Ainda há, cerca de mil ingressos disponíveis para a cerimônia de abertura, que ocorre a partir das 18h15 da próxima quarta-feira (7), feriado da Independência. Os valores para a abertura variam de R$ 100 a R$ 1.000. O mesmo valor é cobrado dos ingressos para a cerimônia de encerramento. Espectadores poderão assistir a competições de 23 modalidades paraolímpicas em cerca de 300 sessões esportivas. Até o momento a maior procura é para competições de natação, atletismo, basquete em cadeira de rodas, futebol de cinco e vôlei sentado. Moradores do Rio de Janeiro foram os que mais compraram bilhetes, seguidos de São Paulo, Minas, Distrito Federal e Paraná. Além do Brasil, que é de onde vem a 80% da demanda, países como Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Japão e França, respectivamente, tiveram as maiores parcelas de compradores. Somente 20% dos ingressos foram vendidos para estrangeiros.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES