Publicidade
Transporte público

Passageiros aprovam Hibribus, com motor elétrico e a diesel

O ônibus híbrido, que funciona com motor elétrico e a diesel, foi aprovado pelos primeiros passageiros que embarcaram nesta segunda-feira cedo (27) na linha Interbairros II. É o primeiro dia de funcionamento do novo ônibus, o Hibribus, que circulará em teste por três semanas no trajeto do Interbairros II. "Até estranhei porque quase não faz barulho, e é fácil de entrar. Está aprovado", disse a diarista Viviane de Oliveira Martins, ao desembarcar no terminal Campina do Siqueira. Ela usa alLinha Interbairros II três vezes por semana para ir do Capão Raso até o Bigorrilho.

A estudante Luana Gruba, que embarcou no terminal Campina do Siqueira para ir até o Pilarzinho, também aprovou o Hibribus. "É silencioso e muito confortável, parece que também anda com mais suavidade", disse.

A mesma opinião tem o cobrador Adilson Lima. "Nessa primeira viagem já deu pra perceber que o ônibus é mais silencioso e confortável. Os passageiros estão gostando muito", destacou Lima.

O silêncio não é a única vantagem do ônibus, que tem capacidade para transportar 82 passageiros, sendo 32 sentados. O piso baixo permite aos passageiros embarques e desembarques no mesmo nível da calçada.

O ônibus híbrido é fabricado pela empresa Volvo, na Suécia, e está sendo testado também em São Paulo e no Rio de Janeiro. Dependendo dos resultados, o veículo pode ser fabricado na unidade da Volvo em Curitiba e incorporado à frota da cidade para a Copa do Mundo de 2014.

O ônibus começa as viagens às 5h12, no Capão Raso, e encerra às 15h47 para avaliações. Cada um dos cinco trajetos feito pelo ônibus híbrido tem 41 quilômetros, totalizando 205 quilômetros por dia.

No sistema híbrido, o motor elétrico é usado para arrancar o ônibus e chegar a uma velocidade de 20 Km/h. Depois, entra em ação o motor a diesel. A energia gerada pelas freadas vai recarregar as baterias do ônibus e, enquanto ele estiver parado, o motor a diesel fica desligado.

Segundo o presidente da Volvo Bus América Latina, Luis Carlos Pimenta, a emissão de poluentes do ônibus híbrido é 50% menor do que nos ônibus comuns. A economia de combustível fóssil chega a 40%. O ônibus também pode utilizar o biodiesel.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES