Em Lima

Pela Copa Sul-Americana, Athletico enfrenta artilheiro de 125 gols

Bernardo Cuesta, maior artilheiro da história do Melgar
Bernardo Cuesta, maior artilheiro da história do Melgar (Foto: Reprodução/fbcmelgar.com.pe)

O time principal do Athletico Paranaense joga nessa terça-feira (dia 4) às 21h30 (horário de Brasília) em Lima, no Peru, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O confronto é contra o Melgar. Os dois times têm seis pontos e dividem a liderança do Grupo D. O Melgar está à frente no saldo de gols (3 a 2).

A partida seria em Arequipa, que fica na altitude de 2.300 metros. No entanto, por causa da pandemia, o Melgar vem atuando na capital Lima, que não tem os efeitos da altitude.

O Melgar, do Peru, é o único dos três adversários do Athletico que já disputou a Libertadores. O clube participou de seis edições, mas nunca foi além da fase de grupos. Fundado em 1915, o clube está na primeira divisão nacional desde 1971. Já conquistou o campeonato peruano em 1981 e em 2015. Venceu o Torneio Clausura em 2015 e em 2018. Foi campeão da Copa Peru em 1971.

O time é dirigido pelo técnico argentino Néstor Lorenzo e tem quatro jogadores argentinos no elenco: os meias Horácio Orzán (33 anos, ex-Newell´s) e Jonathan Bustos (26 anos, ex-Platense) e os centroavante Cristian Bordacahar (29 anos, ex-Ferro Carril) e Bernardo Cuesta (32 anos e há nove anos no clube).

Bernardo Cuesta é o maior artilheiro da história do Melgar, com 125 gols em 250 jogos. Ele é o artilheiro da Copa Sul-Americana 2021, com quatro gols em quatro jogos, empatado com o argentino Jonathan Herrera (Independiente-ARG) e com o uruguaio Agustín Martínez (Peñarol-URU).

O Melgar faz boa campanha na Sul-Americana, com quatro vitórias em quatro jogos (dois pela fase preliminar), mas começou mal o campeonato nacional, com uma vitória, três empates e duas derrotas.

ESCALAÇÃO
O Athletico não deu pistas sobre a escalação. Uma das poucas informações é que o volante Christian é dúvida, devido a desgaste muscular. Nos últimos jogos, o time usou o esquema tático 4-2-3-1, com Vitinho e Canesin como extremos (pelos lados do campo) e com Nikão centralizado. Cittadini e Richard formaram a dupla de volantes contra o Metropolitanos, da Venezuela.

MELGAR x ATHLETICO
Melgar: Cáceda; Alejandro Ramos, Fabio Pereyra, Luján e Paolo Reyna; Joel Sánchez, Alexis Arias e Orzán; Bordacahar, Iberico e Bernardo Cuesta.. Técnico: Néstor Lorenzo.
Athletico: Santos; Khellven (Erick), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard e Léo Cittadini; Fernando Canesin, Nikão e Vitinho (Christian); Renato Kayzer. Técnico: António Oliveira
Árbitro: Carlos Betancur (Colômbia)
Local: Estádio Nacional, em Lima, Peru, terça-feira às 21h30 (de Brasília)