Publicidade

Pentágono planeja mudar foco militar dos EUA para competir com Rússia e China

O Secretário da Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, disse neste sábado, 7, que ainda planeja mudar o foco do Exército dos EUA para competir com China e Rússia. A declaração foi dada durante um discurso no Fórum de Defesa Nacional Reagan, uma reunião anual do governo com a indústria da defesa e oficiais militares, no Simi Valley, Califórnia.

Em seu discurso, Esper acusou Moscou e Pequim de buscarem "poder de veto" sobre decisões econômicas e de segurança de países menores e chamou Rússia e China de "novos poderes revisionistas". O secretário defendeu que os EUA remanejem seus recursos para fazer frente aos países.

"Essa continua sendo minha ambição, mas eu tenho de lidar com o mundo que tenho, e preciso ao mesmo tempo garantir dissuadir outros conflitos - neste caso, no Oriente Médio", ponderou. Ele disse que os EUA tem de manter tropas suficientes no local para garantir que não vão entrar em um conflito armado com o Irã.

Desde maio, 14 mil tropas do Exército dos EUA foram mandadas para o Golfo Persa por preocupação com as ações iranianas no local. Nesta semana, Esper negou informações de que estaria enviando mais 14 mil tropas para o Oriente Médio, mas reconheceu que está preocupado com a instabilidade no Iraque e no Irã.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES