Publicidade

Personalidades se manifestam sobre desmatamento no Brasil

A modelo brasileira Gisele Bündchen usou as redes sociais para lamentar as notícias sobre o aumento de queimadas na floresta amazônica. Ela escreveu sobre o papel da floresta amazônica no equilíbrio do clima na Terra. “Não podemos fechar os olhos para o que está acontecendo na Amazônia. As queimadas crescentes vêm destruindo em dias o que a natureza leva anos, séculos para construir. Eu já estive lá e pude ver de perto como tudo acontece, especialmente como os oportunistas se aproveitam da época das secas para botar a floresta abaixo.” Gisele não foi a única. No seu perfil oficial no Instagram, o ator Leonardo DiCaprio republicou uma imagem postada em outra página, com a hastag #regram, que noticiava o ocorrido. A publicação dele foi comentada por outras personalidades como Kim Kardashian, que republicou a foto nos stories do Instagram. Nos comentários de DiCaprio, Lindsay Lohan questionou: “Como podemos ajudá-los? Ações falam mais do que palavras, meu amigo”, escreveu a atriz. A atriz e apresentadora Fernanda Lima desabafou: “Barbárie ambiental. Até quando?”, escreveu na legenda.


Inusitado

Após ser achada vivendo na rua, ex-atriz pornô volta a ‘bombar’

Há alguns dias, uma emissora de TV holandesa relatou que a ex-atriz pornô Jenni Lee foi encontrada morando na rua, em Las Vegas (Estados Unidos). Aos 37 anos, ela estava vivendo em túneis subterrâneos e nas ruas da cidade, e foi encontrada quase irreconhecível. Depois que a notícia repecutiu, os vídeos pornôs dela voltaram a “bombar” na internet. Jenni Lee já era uma das 120 atrizes mais relevantes no site pornô Porn Hub, um dos maiores do mundo. Nos últimos dias, contudo, seu nome subiu para 25ª posição entre as atrizes mais buscadas no site. Jenni Lee foi encontrada em Las Vegas meio por acaso; a TV holandesa RTL 5 fazia um documentário sobre uma rede de túneis no subsolo da cidade quando a viu por lá. A atriz começou a carreira na indústria pornográfica em 2003, aos 21 anos, mas não fazia um filme desde ‘Horny Housewifes’, datado de 2016.


Nas redes

‘Estou bem vivo!’, esclarece Zeca Pagodinho após boatos de morte
O cantor Zeca Pagodinho negou boatos envolvendo sua suposta morte ontem, em um vídeo publicado em seu perfil oficial no Instagram. “Tem gente que não tem o que fazer e fica inventando história com o nome dos outros em vez de estar trabalhando, aprendendo música, fazendo coisa boa... Fica aí ‘matando os outros’. Quero dizer que estou bem vivo!”, desabafou. O vídeo foi compartilhado em seu Instagram. “Olha a fake news! Tem gente contando mentiras e espalhando pela internet, mas a verdade é uma só: Zeca Pagodinho está mais vivo do que nunca! Mais vivo e cada vez mais feliz!”


Internet

Sônia Braga não quer voltar a morar no Brasil
Sônia Braga, de 69 anos, mora em Nova York e veio ao Brasil para a pré-estreia do filme Bacurau, ontem. Em entrevista à revista ‘Quem’, ela disse que não tem interesse em voltar a gravar novelas e morar no seu País de origem. “A gente nunca tem vontade de voltar. Temos sempre vontade de caminhar para alguma coisa. Por exemplo, quando falam: ‘você vai para a direita ou para a esquerda?”. Para mim isto não existe. Acredito que nem um lado, nem outro... e existe, sim, um caminho para frente, para todo mundo seguir junto”, refletiu. “Então, voltar ao Brasil, voltar a fazer novela, como fiz Gabriela [telenovela de 2012], é uma fase da minha vida que já passou”. Sônia Braga integra o elenco de Bacurau, que estreia em 29 de agosto nos cinemas brasileiros.


Níver do dia

Paula Toller
cantora brasileira
57 anos

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES