Perto de ser rebaixado no Alemão, Schalke 04 demite técnico e diretor esportivo

Afundado na lanterna do Campeonato Alemão e correndo risco enorme de ser rebaixado à segunda divisão, o Schalke 04 anunciou neste domingo as demissões do técnico Christian Gross e do diretor desportivo Jochen Schneider. A decisão vem um dia após a goleada sofrida para o Stuttgart por 5 a 1.

"As decisões tomadas tornaram-se inevitáveis após as exibições decepcionantes contra o Dortmund e o Stuttgart. Não precisamos falar sobre tudo: a situação esportiva é clara, então temos que pensar além da temporada para cada decisão pessoal que ainda não foi tomada", justificou Jens Buchta, presidente do conselho fiscal do clube alemão.

Virtualmente rebaixado, com apenas nove pontos em 23 jogos, a 11 rodadas para o fim do campeonato, a equipe de Gelsenkirchen já teve quatro treinadores nesta temporada. David Wagner começou a temporada, mas foi despedido após a segunda rodada, com o seu sucessor, Manuel Baum, também não conseguindo reverter a situação na Bundesliga.

Huub Stevens assumiu o cargo de forma interina, sendo substituído em dezembro por Gross, que obteve uma vitória - a única da equipa na temporada -, dois empates e oito derrotas em dois meses no cargo.

O técnico suíço de 66 anos chegou em dezembro com mais de 30 anos de experiência em vários times, incluindo passagem pelo Tottenham em 1997 e 1998, mas não treinava uma equipe da Europa desde 2012. Ele liderou o Schalke em sua única vitória na temporada para encerrar uma sequência de 30 jogos sem triunfos na Bundesliga, mas este foi seu único êxito no comando da tradicional equipe alemã.

O diretor esportivo Jochen Schneider, que sairia ao final da temporada, também foi demitido, assim como o coordenador Sascha Riether, o preparador físico Werner Leuthard e o auxiliar Rainer Widmayer. Schneider negou no sábado relatos de que o elenco queria a saída de Gross.

O Schalke ainda não anunciou um novo treinador, que será o quinto na temporada, e comunicou que o treino de segunda-feira será comandado pelos preparadores físicos. O clube também informou que Peter Knabel, responsável pelas categorias de base, assume o como diretor esportivo até a chegada de um novo profissional. O ex-atacante alemão Gerald Asamoah passa a ser responsável pela equipe sub-23 na função de coordenador, substituindo Riether.