Turismo

Pesquisa indica que brasileiro pretende fazer as malas depois da pandemia

Itaipu ficou fechada 22 dias desde a quarentena restritiva
Itaipu ficou fechada 22 dias desde a quarentena restritiva (Foto: SkyTakes/Árvore Filmes)

Mais uma pesquisa aponta o turismo doméstico como propulsor da retomada do setor no Brasil. Um levantamento realizado pela plataforma Hoteis.com mostrou que mais da metade dos brasileiros planeja voltar a viajar após o fim da pandemia e 47% deles visam os atrativos nacionais como principal opção para visitar. As informações são do Ministério do Turismo.

O levantamento mostrou, também, que 53% dos entrevistados vão priorizar passeios com a família e 46% escolherão destinos ao ar livre para evitar aglomerações, como cachoeiras e praias. Outro dado importante, é que após a experiência de meses de confinamento, 70% dos entrevistados afirmaram que agora passaram a valorizar o hábito de viajar e desejam aumentar a frequência de viagens após o afrouxamento das restrições.

“Nós identificamos esta oportunidade desde o início da pandemia e estamos trabalhando para aprimorar os destinos com obras de infraestrutura”, disse o o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Procura — Os negócios digitais do turismo no Brasil voltaram a crescer neste último mês de junho, com uma alta de 28% em relação a maio. É o que aponta levantamento recente da consultoria Conversion, especializada em SEO e marketing de performance.
Foi a primeira vez, desde o início da pandemia, que o setor registra crescimento, depois de acumular perdas da ordem de 74% entre março e maio, reflexo da flexibilização do isolamento no País.

Itaipu é a primeira a reabrir em Foz
Exatamente 22 dias após o início da quarentena restritiva, decretada pelo governo do Estado, o Complexo Turístico Itaipu (CTI) foi o primeiro atrativo de Foz do Iguaçu a reabrir para visitação. A usina volta a receber o público ontem, de forma gradativa. Inicialmente, apenas a Visita Panorâmica funcionou. Pouco a pouco, conforme o acompanhamento do cenário epidemiológico, os demais atrativos serão oferecidos.

A retomada do turismo da usina inaugura o movimento gradativo de reabertura dos principais atrativos turísticos de Foz do Iguaçu. Os demais devem retomar as atividades a partir de agosto. De acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, os atrativos não são focos de contaminação da Covid-19, motivo do fechamento temporário.

A visita Itaipu Panorâmica é feita de hora em hora, das 9 às 16 hpras. Os ônibus que transportam os turistas terão a capacidade reduzida pela metade, a fim de garantir o distanciamento de dois metros entre as pessoas. Caso haja o esgotamento dos ingressos, serão organizadas saídas extras. Os demais passeios serão retomados conforme avaliação do cenário pandêmico.

Guaratuba

Projeto da ponte
O Governo do Estado lançou o edital de licitação que vai escolher o consórcio de empresas responsáveis por dar continuidade aos estudos ambientais e executar o projeto de engenharia da ponte. As empresas têm até 3 de agosto para encaminhar suas propostas ao DER/PR. A sessão de abertura dos envelopes está agendada para as 14 horas do dia seguinte, com transmissão pela internet. O edital está disponível desde 3 de junho.

A partir da data da emissão da Ordem de Serviços, o prazo estimado para elaboração dos estudos e projetos é de 14 meses. Todas as informações sobre essa licitação podem ser consultadas no portal Compras Paraná.

A travessia do trecho atualmente é feita apenas pelo ferry-boat e a ponte sobre a baía de Guaratuba faz parte de uma série de iniciativas do Governo do Estado para remodelar o litoral paranaense.