Escassez

Petroleiros alertam para ameaça de falta de diesel no 2º semestre

(Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil)

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) alerta que o Brasil corre o risco de desabastecimento de óleo diesel no início do segundo semestre deste ano, em função da prevista escassez de oferta no mercado internacional e do baixo nível dos estoques mundiais.

O Brasil importa atualmente cerca de 25% de suas necessidades de diesel no mercado interno, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), devido à baixa utilização das refinarias brasileiras e a não conclusão de obras importantes no setor.

A demanda brasileira pelo produto tende a aumentar a partir de junho/julho próximo com o aumento da safra agrícola.