Petrovic corta Caio Pacheco da seleção masculina no Pré-Olímpico de basquete

O técnico Aleksandar Petrovic e sua comissão definiram nesta quinta-feira o corte do armador Caio Pacheco, antes da viagem da seleção brasileira masculina de basquete para Split, onde vai disputar o torneio que dá uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O grupo ainda conta com 14 jogadores depois da dispensa do jogador que atua no Bahía Basket, da Argentina, e embarca nesta sexta-feira para a Croácia. Lá todos vão passar pelos protocolos de segurança contra a covid-19 estabelecidos pela Fiba. Após isso, outros dois atletas deixam o time, fechando os 12 nomes para o pré-olímpico.

"Caio é um grande menino, um jogador muito talentoso. E que cresceu a cada treino conosco aqui na Polônia. Fizemos um investimento para o futuro. Tenho certeza que Caio frequentará a seleção brasileira no mínimo pelos próximos dez anos", afirmou o Aleksandar Petrovic.

O corte acontece após duas semanas de treinos em Walbrzych e Gliwice, na Polônia, e dois amistosos contra os poloneses - ambos vencidos pelo Brasil.

A seleção brasileira estreia no Pré-Olímpico no dia 29 de junho, terça-feira, diante da Tunísia, às 15h. No dia seguinte, no mesmo horário, enfrenta a Croácia, dona da casa. Os dois primeiros do grupo avançam para as semifinais, pegando os dois melhores entre Alemanha, México e Rússia. A final será no dia 4 de julho e apenas o campeão se garante em Tóquio.