PG&E pode cortar energia de mais de 1 mi na Califórnia para evitar incêndios

A Pacific Gas and Electric (PG&E), maior empresa do setor de energia e Utilities (serviços públicos) nos Estados Unidos, anunciou que pode cortar a energia de mais de um milhão de pessoas na Califórnia neste domingo para evitar novos incêndios florestais no Estado americano, que vem sofrendo com fortes queimadas neste segundo semestre.

Segundo a empresa, a previsão do tempo para amanhã mostra a volta do tempo seco com ventos fortes que podem causar impacto nas linhas de transmissão de energia elétrica, gerando potenciais focos de incêndio. Os desligamentos de emergência devem durar até terça-feira, afetando 466 mil casas na região da cidade de São Francisco e no norte da Califórnia.

Desde o início do ano, foram registrados mais de 8,6 mil incêndios na Califórnia, afetando 16 mil quilômetros quadrados, destruindo 9,2 mil casas e vitimando 31 pessoas. As condições climáticas desde fim de semana se assemelham a outros que causaram grande destruição, de acordo com o National Weather Service (serviço de informações meteorológicas americano).